quinta-feira, 22 de julho de 2010

Exijam exemplo!


Caros amigos, quando um jogador é flagrado na privacidade de seu lazer, ou são divulgadas fotos pessoais sem autorização do mesmo, praticando algo politicamente incorreto, a imprensa e a sociedade caem em cima do tal jogador. Fazem reportagens especiais, debates tomam conta da manhã, da tarde, da noite e enchem o saco com o famoso discurso: "Jogador é referência para muitos jovens", "Jogador tem que dar exemplo", "Jogador tem de agir assim, assado e coisa e tal".

Nada contra os discursos dos politicamente corretos. Até concordo que jogador por ser pessoa pública deve se abster de certas coisas. Mas o que me deixa intrigado é como a imprensa trata determinados casos com tamanha diferença. Vejam só: um cara é praticamente um câncer para a sociedade por ter hábitos PESSOAIS duvidosos. Por na sua vida privada fazer programas como frequentar favelas, bailes funks e etc, programas estes condenados pelos politicamente corretos.
Mas vejam esse tal ex-goleiro e atualmente técnico Leão.

O cara por onde passa arruma confusão. Agride verbalmente pessoas. Está sempre envolvido em brigas, discussões e polêmicas. Agora chegou ao extremo ao agredir um repórter e fomentar em seus próprios jogadores o sentimento de revolta e violência. Alguém consegue contar nos dedos as vezes em que o Leão esteve envolvido em confusões? Os dedos são insuficientes.

Não estou falando de confusões particulares, como briga com noiva, amizades suspeitas ou gostos duvidosos. Estou falando de confusões dentro de campo, no exercício de sua profissão. Alguém acredita que ele seja bom exemplo para alguém? Por que não são promovidos debates para tratar do assunto? Por que a imprensa, a sociedade e os "politicamente corretos" não exijem uma penalidade, para que ele se controle e dê bons exemplos para crianças, adolescentes e jogadores?

O que é mais fácil para a imprensa esportiva: investigar a vida pessoal de jogadores e fazer juízos de valores, ou analisar o que acontece dentro de campo e exijir uma postura mais profissional? Mais do que querer moldar a vida pessoal de uma pessoa, torcedores e imprensa devem exigir exemplo e respeito dos atos praticados pelos profissionais dentro do esporte. Pensem nisso.

SRN

4 comentários:

disse...

Olá...
Primeiramente, saudades de deste ambiente..rs

Em relação ao tema, penso que toda figura pública deve ser exemplo. Em, espeical, jogadores de futebol e técnicos, visto que futebol, ainda gera muita violência.


Abraço forte

Vv disse...

Excelente texto !

E um dos raros ...

Leu alguma coisa desse nível sobre ?

N-Ã-O !

Sabe pq ... o Clodovil ae ...NÃO VENDE JORNAL, né ?

Ae, meu amigo.

Ninguém "valoriza" MAIS UM dos péssimos exemplos q ele deu como HOMEM e profissional.

bjus e FLAMENGO ATÉ MORRER.

Vivi.

Mylla Galvão disse...

Jeff,
Sabe o que eu acho disso tudo? Ele valoriza o lado de homem público dele para tirar casquinha nos mais humildes!
O leão é encrenqueiro mesmo!
Ele gosta é de aparecer!

SRN

Vinicius Grissi disse...

Permita-me discordar. Desta vez, o repórter provocou a briga enquanto pôde. Estava doido para se fazer de vítima.

Bacana o texto! Concordo em termos com seu pensamento.

E agora veja se continua atualizando isto aqui! hehehe

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.