quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pontos corridos - A melhor escolha

Caros amigos, todos os anos se levantam discussões sobre pontos corridos ou mata-mata. Acredito que ano passado e esse ano foram suficientes para descartar essa discussão que com todo respeito a todos, acredito que esteja se tornando inútil. Eu até dou os meus pitacos por amor ao debate, mas percebo que a cada ano, a cada campeonato, os argumentos dos amantes do mata-mata vão enfraquecendo. Confesso que defendi por muito tempo o retorno do mata-mata. Hoje estou convicto que deve mesmo continuar com os pontos corridos.

O argumento de que o público não se interessa por esse modelo de campeonato já caiu por terra. Pois, neste ano foi alcançado a maior média de público das últimas 22 competições. Lembro que este modelo de campeonato começou a ser disputado a partir de 2003. Portanto, temos uma média de público maior que campeonatos disputados por mata-mata. Emoção também é algo que não tem faltado ultimamente. Ano passado, o campeonato foi decidido na última rodada e neste ano é bem provável que também seja. Estamos na penúltima rodada e temos 4 clubes com chances de conquistar o título.

Agora o novo argumento dos defensores do mata-mata é que o Inter teve a melhor campanha do 1° turno. O Flamengo a melhor do 2° e se o São Paulo vencer, não ganhará o melhor, mas sim o mais regular, o que não seria justo. Pelo amor de Deus, estão tentando de qualquer forma criar defeitos para um modelo que realmente tem dado certo. Desde quando na era do mata-mata só vencia o time que foi melhor o campeonato inteiro?

Apenas dois exemplos: 1992 o Flamengo se classificou para a fase decisiva em último, com combinações de resultados, e foi o campeão. Em 2002, o Santos também se classificou em último e foi o campeão. Em ambos os campeonatos os campeões não foram os melhores times durante toda a competição, mas cresceram no momento que precisaram crescer. O mesmo ocorre nos pontos corridos. Vence quem cresce na hora certa e consegue se manter mais tempo sem perder e conquistando pontos durante toda a competição.

Não sei se os próximos campeonatos serão tão emocionantes, mas hoje posso afirmar com toda a certeza: a eficiência dos pontos corridos está comprovada e hoje não há qualquer motivo plausível que justifique o retorno do mata-mata, apenas a nostalgia de alguns.
PS.: Galera, não poderia deixar de falar do Mengão. Que show da torcida no domingo. Infelizmente o time não correspondeu da maneira que pretendíamos. Mas mostraram muita raça. Não perdemos nem ganhamos nada ainda. Mas a batalha ainda não acabou e posso dizer que estou muito confiante no título. 1 ponto apenas nos separa do lider e acredito muito que podemos reverter essa diferença na próxima rodada. A confiança continua inabalável e nossos guerreiros vão à campo conquistar mais uma vitória. Além dos nossos guerreiros das arquibancadas que com certeza estarão lá apoiando o time que está honrando as nossas tradições. Vivi, boa sorte lá e a todos que forem. A fé inabalável é algo inerente ao torcedor Rubro-Negro e incompreendida pelos adversários descrentes. O Hexa está muito próximo, eu acredito!

SRN

13 comentários:

http://www.sobreofutebolcarioca.blogspot.com/http://www.sobreofutebolcarioca.blogspot.com/ disse...

o Fla perdeu o titulo no domingo!

Vinicius Grissi disse...

Não há como discutir mais qual fórmula é melhor. Os pontos corridos são um sucesso no Brasil e vieram para ficar, graças a Deus.

Quanto ao argumento podre de que o São Paulo não foi melhor em nenhum dos turnos, vale lembrar que a competição não é dividida desta forma. É um campeonato só, com 38 rodadas, e o melhor é o que faz mais pontos durante toda a competição e não em uma das metades.

Blog do Vascão disse...

Já temos uma competição mata-mata e a 2º mais importante do Brasil que é a Copa do Brasil, portanto deveria satisfazer os defensores das competições mata-mata, deixem o Brasileirão como está.

Abraço
Jeferson

Daniel Reynaldo disse...

Após um post do que pior escreve por aqui nada como um post do que melhor escreve por aqui (e digo isto sem clubismo).

Parabéns Jefferson, pelos invejáveis talentos em escrever e argumentar.

Ps.: também tive a amarga impressão de que perdemos o título contra o Goiás, como o primeiro comentarista disse.

Carlão Azul disse...

Concordo com o Jeferson o sistema de pontos corridos tem de permanecer.

Acho muita bobagem, com todo respeito aos que não gostam dos pontos corridos, ficar discutindo isso. Não existe nada mais justo que o sistema de pontos corridos.

Maldita Futebol Clube disse...

Pontos corridos: tô fora! Ganha o que tem mais grana, o que é mais regular e não necessariamente o melhor. perde-se a emoção no futebol1 E não me digam; esse campeontao está emocionante! e os outros como foram? esse foi uma aberração da natureza. imaginem vocês se o campeonato levasse os 4 melhores a um mata-mata decisivo? renda, interesse, audi]~encia , emprego, o que mais geraria. Essa fórmula atual é socialmente injusta. nunca um clube de menor expressão levará um certame. Não terá dinheiro para gastar com a logistica que envolve os custos: melhores cias aéreas, hotéis, translados, onibus, cts, fisiologistas, médicos e etc... por que notóriamente o dinheiro está nas capitais de maior expressão e não nas menores. no mercado de trabalho já é assim: elels migram para os maiores centros. portanto, nordestinos e clubes pequenos, ser campeão do brasil não é mais tarefa pra voc~es. o campeonato se elitizou e a cópia do modelo europeu(feito,devidoa pequena extensão territorial de seus países) prediomina em um país continetal como o nosso. Uma pena. um golpe duro no torcedor, que a mídia trata de alienar para servir aoseu bel prazer. aquele que se organiza para os pontos corridos melhor o poderá fazer nos mata-matas. O campeonato mais valorizado do contionente sul -americano éassim, a ci opa do mundo é assim..e nós, quando começavamos a recuperar a hegemonia no contineten, mudamos o sistema, e não coincidentemente, começamos de novo a pérder terreno. Lamentavel. Leandro

Liv Milla disse...

Poxa... vocês me abandoram mesmo!!! :(

Eu dei uma parada nos posts deprê... rs...

Volta lá!!!

Bjs!

Jefferson freire disse...

Leandro, esse campeonato foi uma aberração em que sentido? Pois para mim e para todos que acompanham esse campeonato, com certeza foi o mais disputado e emocionante dos últimos tempos. Em termos de renda e público já falei no post, temos a maior das últimas 22 edições e isso inclui os campeonatos com mata-mata.

Qnt aos empregos, imagine quantos empregos são gerados com a obrigação da tv em transmitir mais jogos durante muito mais tempo. Nos pontos corridos, já estaríamos numa fase em que haveria apenas 2 ou 4 jogos que realmente chamariam a atenção do público. Nesse modelo temos vários jogos durante todo o campeonato e salvo raras exceções, todos merecem atenção e importância. Por isso, esse modelo gera muito mais empregos diretos e indiretos.

A questão do transporte, se não me engano, existe uma empresa responsável pelo transporte das delegações em troca de publicidade nas famosas placas de publicidades. No outro modelo, os clubes gastariam a mesma coisa com transporte, pois, teriam que jogar contra todos e viajar do mesmo jeito. A diferença é que depois o campeonato ficaria restrito a apenas poucos clubes.

Não haverá extinção dos clubes pequenos, pois Avaí e Barueri mostraram que com um mínimo de organização é possível fazer um campeonato digno, enquanto "grandes" como Fluminense e Botafogo sofrem na parte debaixo da tabela, assim como vasco e corinthians caíram e permaneceram clubes de exposição muito inferior. Ademais, mata-mata nunca foi sinônimo de muitos títulos de times pequenos no brasileiro. Dá pra contar nos dedos. Por que seria diferente agora do que foi durante a maior parte da existência do campeonato?

Não podemos comparar um campeonato nacional de longo prazo com a copa do mundo que é um campeonato com várias seleções, mas que dura apenas 1 mês. É impossível fazer uma copa por pontos corridos, caso fizesse isso, de 4 em 4 anos teríamos de abrir mão dos campeonatos nacionais e regionais para ceder jogadores para disputar a copa.

Repito: pode ser q me engane mais à frente. Mas neste momento, na atual situação, o campeonato por pontos corridos é a melhor opção e não há NADA que justifique o retorno do mata-mata. Acredite Leandro, eu era defensor do mata-mata, mas analisando os fatos, tive q mudar de opinião.

SRN

Charles Madeira disse...

Detesto concordar com o Jefferson, mais acho o campeonato de pontos corridos mais competitivo e justo, e este especialmente esta muito equilibrado, e acho que nossos times estão aprendendo a disputar esse tipo de competição.
Com relação ao post anterior tudo que eu tinha que comentar eu já escrevi em meu comentario.
O sentimento não pode parar!

Celamar Maione disse...

O torcedor do Rio está dando um show, comparecendo em massa aos estádios...
Quanto ao Flamengo, deu bobeira no domingo...
Beijão, meninos !

Denilton "Pé" disse...

Fala Jefferson! Sem duvidas essa vai ser uma discusão por muito tempo,nunca uma ou a outra vai ser unanimidade,todos tem um argumento pró ou cintra uma delas,particurlamente sou a favor dos pontos corridos,para esse tipo de campeonato,não vejo motivos para mudança,mata-mata tem que ser em copa do brasil,libertadores que são de tiros curtos.
Abs!!!

Futebol ao Cubo disse...

Perfeito, cara! Não há UM argumento a favor do mata-mata, seria quase como ter duas Copas do Brasil. E outra, mata-mata definindo o campeão do país tira e MUITO a credibilidade do campeonato aos olhos do exterior. Quase todos os dias entro em periódicos europeus, há alguns que têm até links só sobre Camp. Brasileiro, cada vez mais credenciado no exterior.

Aí vem gente dizer que pontos corridos não tem final. Meu, como não tem final? O que tem sido essas últimas rodadas então? O que foi Atl.MG x Flamengo? E vai chegar uma hora que ainda vai ter, por obra do destino, o encontro de dois candidatos ao título na última rodada, pra alegria de quem gosta de mata-mata.


Abraços!

Wilson Hebert disse...

Concordo com cada vírgula que o Jefferson usou não apenas no post, mas no seu comentário respondendo ao Leandro.

E só um detalhe a ser acrescentado sobre esse tema: se disputassemos o mata-mata, hoje, faltando menos de um mês pro natal, teriamos vários times parados e possivelmente, jogador já sem contrato. Fora os Estados onde não haveriam mais jogos, deixando aqueles trabalhadores que dependem dessas partidas pra ganhar uma grana, sem condições de faturar.

E com relação a zuação do Charles, eu não vejo problema nenhum. Se a torcida do Flamengo inventa, óbvio que os vascainos sõ vão criticar, afinal, isso faz parte das zuações futebolisticas.

E como seguidor do lema "rivais sim, inimigos nunca", eu acho que essas discordancias deveriam permanecer no campo esportivo, sem pular pra outra variante, por qualquer que seja.

Abração a todos!

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.