quarta-feira, 12 de novembro de 2008

PANACEA MUSICALIS - A música escrita no blog do Maldita...

COR DA PELE, F***-SE!!!
por Ricardo André


Atendendo ao pedido do rapper Xis e seu 4P (Poder Para o Povo Preto), com o apoio de mais de cinqüenta mil manos, de Mano Brown, passando por Alcione, ao eterno negrão engajado Netinho, o Tio Sam sucumbiu ao sorriso simpático de Barack Obama, fazendo dele o “primeiro presidente negro dos Estados Unidos da América”!

Se a cor da pele fosse o mais importante pra marcar essa inegável ruptura com a política Bush, melhor seria eleger a popular Oprah Winfrey, que além de ter a pele negra, é mulher ou, quem sabe, a Condoleezza Rice que, ainda por cima, é feia... um dia chegaremos lá!

Chistes à parte, o Panacea não podia ficar calado diante desse fato histórico. É o ponto final (???) de uma trajetória de sangue e de luta... É o fim do triste “Tomorrow”, soundtrack de Quando as Metralhadoras Cospem: “Tomorrow never comes (...) Tomorrow's far away, Tomorrow, as they say, Is reserved for dreams”. A vitória de Obama é o despertar absoluto do sonho de Martin Luther King Jr. e de milhões de americanos, negros ou não.

Hoje, tenho a absoluta certeza de que corretos estão os historiadores que afirmam ser um equívoco chamar o negro americano de "afro-americano". Seria reduzir-lhes a história de luta. A história desse povo oprimido deixou de ser a dos negros africanos desde o eclodir da guerra de Secessão, para se tornar outra, independente, única e marcante. Seja na luta pelos direitos civis, seja nas artes, e em especial na música como essa coluna já destacou, o negro americano está cravado na história dos EUA de maneira indelével.

A ascensão de Obama ao poder, ao mesmo tempo em que coroa de glória a história do negro norte americano, inicia outra etapa: meta-racial. Para além da cor da pele, há que se olhar adiante com os olhos de quem não enxerga na cor da pele qualquer motivo para a diferença. Isso, doravante, há de ser irrelevante. E já nem mesmo foi explorado na vitoriosa campanha do democrata eleito.

Curiosamente, a KKK (Ku Klux Klan) e seus estúpidos WASPs (White Anglo Saxon Protestant) manifestou-se após a eleição de Obama, afirmando, curiosa e recalcadamente, que Obama não é negro (!?), mas “metade negro”, mulato, uma vez que foi domesticado por sua mãe branca. Daí se vê a quem interessa esse debate racial daqui pra frente.

Ao auto intitulado "Grande Cavaleiro da Ku Klux Klan", Thomas Robb, de onde partiram as imbecilidades acima descritas, o Panacea dedica um trechinho de uma canção do Rappa. Uma música que, segundo consta, foi inspirada no Marcinho VP do Morro Dona Marta (aquele retratado no livro Abusado, do jornalista Caco Barcellos) e que fala da miscigenação de um certo "Homem Amarelo".

Para que não haja dúvidas, não estamos a dedicar ao KKK uma singela canção. Mais especificamente, dedicamos aos molóides aquela enfática inserção à letra, como executada no Acústico MTV, de preferência em alto volume e na voz rouca e furiosa de Falcão, que diz mais ou menos assim: “Cor da pele, foda-se!!!”

13 comentários:

Paula disse...

concordo, o importante é o caráter, o respeito, a amizade, independente da cor das nossas peles!

Jorge Correa - SG disse...

Realmente o que importa são as atitudes do ser humano, a consciência e o modo como encar os demais na sociedade. não adianta ter pele branca e detonar o semelhante como no holocausto.Brilhante post, sou muito fão do panacea,nem sempre comento, mas como moreno jambo, hoje fui tocado pelo excepcional tom desse panacea...parabéns, brilhante e emocionado parabéns!

Robson Moura disse...

Muito bom o texto, bem concatenado e expresso em lindas e loucas palavras...show, voltarei mais vezes...

José Ribeiro Fontes - Lisboa disse...

Cor é feita pra se pintar, o artista ama o universo das cores, como pintor, retrato o que vejo ...tem muito branco com aura escura e muito negro com a mente vazia, branca! Não a distinção, não a luta de irmão contra a irmão...pela paz contra a violência nas ruas, nas chuvas, nas afzendas ou nas casinhas de sapê...contra as brigas nos estádios, contra a briga nas ruas, amem se, aproveitem ainda é tempo. Sensato e lúdico post!Saudações ad eternum!

Mariana Zuzuca disse...

Menino, não é que a cada dia me apaixono mais por vocês...Porque o ricardo não aparece em fotos...curiosidade apenas, mas adoro seus panaceas...venho correndo pra cá...beijos em todos...não consegui ligar pra rádio segunda, que pena! quero uma camisa e um boné da rádio, como faço?

Anderson Cruz disse...

Nossa.
o.O
Esse foi um dos post's mais sacados e legais que eu já li.
Parabéns por trazer essas reflexões.
Abraço.

Lilian Devlin disse...

Parabéns Ricardo! Excelente texto e só me resta dizer que eu assino embaixo!
Ah! e um recadinho pro Leandro : não deu, querido,para torcer pelo seu time,ele tá ruizinho demais! E olha que eu já estou acostumada com "timecos fracassados"... rs
Beijos para todos!!

Ricardo André disse...

A KKK já botou as asinhas de fora! Está matando quem desiste de seus rituais de iniciação...

É tempo de rever um filmaço que alinhava bem essa luta do negro contra o preconceito: Mississipi em Chamas. Quem já viu sabe como é bom e quem não viu, agora já sabe o que está perdendo.

Obrigado a todos que acompanham o Panacea e o MFC... essa coluna mambembe e maldita!

P.S.: P***, Leandro! Que time o teu!!!

EternaApaixonada disse...

*****

ainda sem "aquele tempo" para explorar mais o blog, vim dixar um abraço amigo à brava equipe!

Boa quinta!

*****

Efraim disse...

Cacete, um puta texto!!! Estou lhe adicionando ao meu blog, ok? Um grande abraço!

Canto da Boca disse...

Alma Não Tem Cor
(André Abujamra)

Com Chico César


Alma não tem cor
Porque eu sou branco?
Alma não tem cor
Porque eu sou negro?

Branquinho
Neguinho
Branco negão
Percebam que a alma não tem cor
Ela é colorida
Ela é multicolor

Azul amarelo
Verde verdinho marrom.

Mas que belo texto, hein, Ricardo? Até quando esse tipo de questão vai existir? Ainda se faz necessário romper esses grilhões preconceituosos que atribui valores a partir da cor da pele, façam-me-o-favor! Pessoa humana é o que nos interessa, independente da quantidade de melanina. Eu acho esse discurso racista tão demodée, temos é que nos preocupar com a fome, com a violencia, o desemprego, tráfico de pessoas, orfandade... Que assola o mundo... Gentalha mais desocupada!
Beijos aí pra vcs.
;)

Maldita Futebol Clube disse...

Gostaria de agradecer a cada um de vocês aqui presentes nesse post, seja através de comentários ou não.
.. Paulinha, lilian amigas mineiras, sempre presentes... eterna apaixonada, sua falta de tempo se traduz em atenção e agradecimento nessas linhas ...
Anderson e efraim, realmente o cara arrebentou nesse post, um dos melhores do blog em todos os tempos...sem sombra de dúvidas...
esse canto do blog fica mais envolvente com op canto da boca, poética e liríca... sedutoras palavras!
zuzuca o cara é fera mesmo, breve tyeremos fotos dele por aqui...
jorge ...grato pelas palavras!
robson e josé, o silêncio pode ser gritado, o preto e branco pode ser colorido,mas o sangue já derramado pelas diferenças e´tnicas é deplorável, aqui a gente expõe nosso sentimentos e dá a nossa opinião, valeu pelas dicas!
A todos sejameternamente bem vindos, o MFC agradece...Ricardo cabeção alvinegro você é dez, e meu time ainda vai se safar dessa...eternas saudações vasca´pinas a todos!

Celamar Maione disse...

Meninos,
parabéns pelo post !
Bonito, verdadeiro, sério e bem escrito.
Amei.
Foda-se a cor da pele. O que importa é a vontade de luta. O caráter.
Barack Obama com certeza não faz história somente nos Estados Unidos, mas no mundo todo.
Ah sim...amei o livro do Caco Barcelos, ABUSADO. Tudo de bom. Igual ao artigo de vocês.
Mais uma vez Parabéns !
Celamar

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.