sexta-feira, 29 de maio de 2009

Em algum lugar do passado...



E dando sequência a nossa viagem através do tempo, o MFC traz hoje a série: "O Homem de seis milhões de dólares". Essa série fez muito sucesso na década de 80 no Brasil e foi transmitida de 1977 á 1980 , na rede bandeirantes, após o episdódio piloto ter feito muito sucesso na Rede Tupi, em 1976. Em 1981, com o sucesso do protagonista Lee Majors, em Hollywood, a Rede Globo comprou os direitos televisivos,mas surpreedndentemente a tirou do ar , só retornando em 1984. Dessa data em diante, passou no manhã de aventuras da Record, saindo do ar 1986. No ínicio da década de 90 voltou a bandeirantes, de onde datam os últimos registros televisivos da série, que teve 108 episódios e foi gravada de 1974 à 1978. O sucesso no Brasil, fez com que albúns de figurinhas, bonecos estilo "Falcon" e gibis virassem febre entre a garotada.
Inspirada no livro "Cyborg", de Martin Caldin, inicialmente foi feito um "filme-piloto", como de praxe em todas as séries, visando testar a aceitação do público a estória. O detalhe é que no filme, havia um desenvolvimento de uma trama mais série e policial que na tevê teve o tom mudado, chegando mais próximos dos heróis de HQs e trazendo mais comicidade ao roteiro.

A série tem como protagonista, o astronauta Steve Austin, vivido por Lee Majors, que durante um voô experimental da NASA sofre um acidente e "morre". Para trazê-lo de volta, o cientista Oscar Goldman financia uma operação, que substitui partes do corpo do astronauta por partes biônicas, gerando um ser meio robô - meio humano. Não custa nada lembrar que essa epóca tinha todo um contexto de desenvolvimento de pesquisas espaciais e cíentificas e que essa série gerou um debate intenso no meio acadêmico e na sociedade americana, devido a exposição de erros do programa espacial e da questão da mutação do corpo com implantes biônicos!


As novas pernas do major possibilitavam a ele saltar alturas indefíniveis e correr mais rápido do que um F-1! seus olhos possuiam um raio infra-vermelho(estilo superman) e a sua força era extremada. Claro que gerou polêmica com os criadores de Superman, dada a semelhança de características entre os personagens. O homem biônico, cujo transformação custou U$ 6 milhões de doláres(daí o nome da série), virou um agente integrado do escritório de cientistas que financiou o seu tratamento e assim trabalhava para o mesmo em arriscadas missões secretas usando seus vastos conhecimentos com astronauta e os seus dons para conseguir o que os cientistas lhe pediam.Alguns episódios tem gafes sérias, como o uso de lupas(mesmo ele tendo uma visão biônica!) e o uso do braço esquerdo que seria "não-biônico" com força sobrenatural. outro detalhe: nada o machucava! E por isso, o estúdio Universal teve sérios problemas com as crianças, que queriam saltar, correr e não se machucar como o herói, a ponto de Lee Majors( o ator) ter que vir a público pedir para que as crianças não se machucassem pois seu personagem era só uma ficção.


Independente disso tudo, era uma baita diversão e quem, como eu, teve a felicidade de assistir a vários desses episódis, nunca se esquecerá! Lee Majors veio ainda fazer o dublê Colt Seavers, no seriado Duro na Queda, mas isso (quem sabe?) será tema para outro " Em algum lugar do passado...". E, você que já se habituou com o tema, pode se chegar aqui nos comentários e fazer a sua pedida. Tô pensando em "Túnel do Tempo", mas quem ditará o próximo post deste tema serão vocês, valeu? Beijos do âncora... e sigo confiante no meu Vascão!

20 comentários:

Prof. Afrânio disse...

Caro Leandro: não só assistia, mas me fartava de ver esse seriado! ainda mais, quando na vinheta de abertura tinha uma musica bem show!e a corrida do fenomenal lee majors e suas proezas!

Mariana Zuzuca disse...

Não vi, mas o cara até que é bonitão. aliás, um galã. será que ele é vivo ainda? beijão a todos e eu sou timão

José Silva - SG disse...

cara, eu até via de relance, esse seriado nos anos 90, mas não me despertava grandes paixões. Quanto ao próximo da série, porque não: "A gata e o rato"(acho que é isso!), que lançou Bruce Willis ao estrelato? parbéns pelo diversificado e apaixonado blog!

Serena Flor disse...

Meu querido Leandro,
e urgentemente cá estou eu...rsrsrs
Fico sempre muito feliz com tua presença lá no meu cantinho. Você é um amor!
Eu adorava este seriado, não perdia nenhum.
E a minha dica para a próxima semana é o Magnum seriado com o ator Tom Selleck...gostava muito!
Beijão Leandro, te adoro muitoooo!

Sobre o Futebol Carioca disse...

pode sim, autorizo sim.
falar de seleção sempre é muito bom.

Gremista Fanático disse...

Esse ai é mais um da serie AGF ( antes de Gremista Fanático ter nascido) mas deve ser um otimo programa com certeza, valeu Leandro.
Saudações do Gremista Fanático

Prof. Mota disse...

Caro Leandro, eu gostava do Swat! mas foi bom me lembrar do Six million Dollar men! um canastrão esse Lee majors, não?

Canto da Boca disse...

Estás inspirado, mas continu à espera dos meus dois seriados, hum? Hum?
Beijos, Leandro, ótimo domingo pra ti, e grata pelas palavras carinhosas no Canto.
;9

Clítia Milagres disse...

Nossa!!!! Adorava, sempre que podia assistia. Muito bom! Assisitia tb: A mulher Maravilha, Magaveir, A ilha da fantasia e outros. recordar é viver rsss.

ps: obrigada pela visitinha no meu blog

bjs

Serena Flor disse...

Leandro...mais uma vez te digo: Você é um amor!!!
Beijos e bom Domingo pra ti meu lindo!

Jefferson freire disse...

Também não vi essa série, mas vi seu vasquinho perder hoje. Nova música do Fla baseado no "|Descobridor dos sete mares" de Tim Maia:

Até que a morte nos separe:

“Essa torcida que te guia,
Está presente, e todo jogo dá um show.

Vamos Flamengo vai pra cima,
Tua grandeza não permite recuar,
Quem veste o manto rubro negro,
Bate no peito, canta e grita sem parar
E todo jogo é uma guerra,
Ó meu Flamengo o teu destino é ganhar!

Vamos venceeeeer,
Jogar com garra e vontade, Rubro Negro é assim!
Até que a morte nos separe,
ESSE AMOR EU VOU SENTIR!”

Amanhã tem Imperador no Mengão!!!

Cleo disse...

Meninos, este seriado apesar das gafes foi bom sim, mas se fosse hoje não olharia.
Achei genial a próxima postagem sobre o "Tunel do Tempo", não perdia um capítulo .
Obrigada pelo carinhoso comentário no meu blog. Vocês são demais.
Um domingo maravilhoso prá vocês.
Beijos.
Cleo

José "mengão" luiz disse...

"E sigo confiante no meu vascão!" tsc, tsc, tsc..quanta empáfia! Paraná 3 x 1 "Vascão" . huhuahau . bando zé ruelas! mengôôô...abraço jeferson!

D.Ramírez disse...

Grande Leandro e galera do Malditas!! Assim fico parecendo velho de tanto recordar esses filmes postados.hahaha Nao perdia o cyborg haha.
Leandro, faço a vinheta sim mas vamos dar uma permutadita, sei la, fala do las tiritas na radio hehe, ou liga e batemos um papo, mesmo q rio sampa..mas pera q bolo uma abertura mesclando os 3 gostos, mulher, fut e rock;)

Abração

Eurico disse...

Grato pela visita ao Cultura Solidária. E cá de pernambuco, torço pro Roberto Dinamite e pelo sucesso do Vascão. Essa é a hora de estar todo mundo junto.
Cá na terrinha, sou Sport.

Abraço forte.

Leandro Vitor disse...

Não é bem da minha época essa série, para dizer a verdade, eu nunca ouvi falar! hahaha

LTLM disse...

Obrigado Leandro pelo seu comentario no meu blog http://f1minicars.blogspot.com/ .

Continue acompanhando pois ira ter novidades la. Visite tb meu blog de miniatura de futebol se gostar http://soccermini.blogspot.com/ .

D+ esse blog!!!

abraco

Flor ♥ disse...

Oi, Leandro!

Em algum lugar do passado também assistia aos episódios com o Lee Majors, sempre cheios de aventura e ação...

Ah, o Tunel do Tempo é uma otima ideia para a proxima postagem!

=)

E o Vascão, hein??? Ai...ai...

Beijos!

-=|Åñä £ú¢¡ä|=- disse...

Viver é recordar!
Gosto de quase todos os seriados desta época e adorava a Feiticeira com suas caretas divertidas!

Obrigada pelas Sábias e Sensíveis palavras em meu Blog!

Bjs.

Lelleca disse...

Oi Léo!

Eu me lembro desse seriado também. Assistia muito quando criança. Bons tempos e bom seriado! Lembra também dos Chips! Os policiais de motocicleta? kkkk Adorei esse post!

Beijos

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.