sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

PANACEA MUSICALIS - A música escrita no blog do Maldita...

IN(TER)DEPENDÊNCIA OU MORTE
por Ricardo André

Quem está ligado na cena independente ou no programa da Maldita já deve ter ouvido o som de bandas das quais grande parte do público jamais ouviu falar. É reconhecidamente impossível manter-se plugado no ilimitado cenário independente, até porque a cada dia que passa surgem e desaparecem centenas de “bolas-da-vez”. Isso é uma característica dessa cena: ela não vai te procurar, você tem que ir atrás dela. Não sei se deu pra sacar, mas “procuramos independência, acreditamos na distância entre nós”! Nem sempre...

A democratização do acesso à esfera digital com a possibilidade e a facilidade de divulgação de trabalhos dos mais variados (literários, audiovisuais, gráficos, etc...) em sites como youtube, my space, tramavirtual, dentre outros, ampliou consideravelmente o raio de ação de profissionais das mais diversas áreas. Aliado a isso, o surgimento de softwares cada vez mais competentes em reproduzir o que antes só era possível por meio de equipamentos caros e inacessíveis a muitos, completou o processo de independência daqueles interessados na criação e publicação do seu trabalho, principalmente na área musical.

Em razão dessa interminável capacidade de “divulgação”, dá-se o que já cantava Raulzito décadas atrás: “é tanta coisa no menu que eu não sei o que comer” e assim, é preciso de alguma forma canalizar a atenção do público aproximando-o dos destaques da cena independente seja ela qual for. De toda forma, valerá sempre a velha máxima segundo a qual quem não tem competência não se estabelece.

Impotente de limites e balizamentos a grande rede continua dependente dos tradicionais eventos realizados no inevitável esforço de separar o joio do trigo, abrindo espaço e promovendo a saudável disputa entre bandas que têm o interesse comum de divulgar seus trabalhos. Sempre apoiados no bordão segundo o qual “quem sabe faz ao vivo”, completam a simbiose que acaba por promover a imediação entre o público e o artista.

Com a tripla função de divulgar (os participantes), filtrar os que se destacam (através das seletivas eliminatórias) e incentivar o campeão a seguir em frente, não podem deixar de ser levados em consideração como norte nesse caudaloso mar de sons, expectativas e talentos que espocam diariamente, seja nas garagens, nos estúdios ou em simples computadores pessoais.

Daí que o Maldita Futebol Clube, pegando carona nesse trem, na última segunda recebeu o pessoal do B.B. Handevu, vencedora do segundo Festival de Bandas Independentes (FBI), evento realizado no Rio de Janeiro entre os meses de Setembro a Novembro do ano passado e que contou com a participação de cerca de 70 bandas ávidas pela divulgação de seus trabalhos.

Do gargalo estreito do FBI, saiu um rock n´ roll swingado, carburado e cheio de ritmo, somado a ótimas letras, ora contundentes, ora irreverentes, sempre empolgantes, legitimando tanto a banda quanto o evento. O prêmio por ter alcançado o topo do FBI não é um troféu pra apodrecer na estante, mas o fomento ao trabalho árduo daqueles que se dedicam a fazer música de maneira quase artesanal: os caras ganharam a oportunidade de gravar na Toca do Bandido (estúdio de primeira linha onde foi gravado “O Silêncio Que Precede o Esporro” do Rappa) e contarão com a produção de Tomás Magno, que já trabalhou com nomes com Skank, Marjorie Estiano, Carbona, Detonautas e Lô Borges.

Entre as músicas da banda que devem entrar no disco, destacam-se a fervente e provável faixa título, “Que Rufem os Tambores” e “Bom Dia”, perfeita para ser o hit do verão 2009. Sucesso para o B.B. Handevu!

Então é isso, o Panacea ressurge do lodo espesso da putrefação pra deixar essa dica aí: B.B. Handevu! O trabalho da banda pode e deve ser conferido na meca do espaço independente, MySpace.com, bem como no Trama Virtual e em breve nas melhores e piores lojas do ramo.

8 comentários:

Sobre o Futebol Carioca disse...

muito boa a musica.

Wilson Hebert disse...

Realmente hoje em dia, existe essa situação de termos que ir atrás das músicas.

A cena alternativa ganha cada vez mais importancia nesse contexto.

Aproveitando, eu quero avisar que fiz um post homenageando Raul Seixas la no http://futebolmusicaetc.blogspot.com

Acho que vcs vao gostar!

Abração ae pra toda a galera!

Mariana Zuzuca disse...

Tava com uma saudade danada do Panacea!Apesar de ser chegada num samba, fui lá escutar essa banda e me surpreendi com a qualidade...será que a Fluminense, atraves dos meninos "bons de bola", estará ensaiando uma volta ao passado e lançando novas bandas de rock? Tomara... parabéns pelo post Ricardo e parabéns pelo som a galaera da banda!

Mariana Zuzuca disse...

Tava com uma saudade danada do Panacea!Apesar de ser chegada num samba, fui lá escutar essa banda e me surpreendi com a qualidade...será que a Fluminense, atraves dos meninos "bons de bola", estará ensaiando uma volta ao passado e lançando novas bandas de rock? Tomara... parabéns pelo post Ricardo e parabéns pelo som a galaera da banda!

Jeferson Sobral disse...

Interessante mesmo dessa hist[ória, é o nome original da banda e a questão de quem é alternativo, que sempre encontra um meio de divulgação, acho até que hoje mais fácil do que outrora. Bonitop trabalho da banda, mas ainda melhor o de vocês, que nos fez chegar ao som deles por aqui!

Heitor Campos disse...

Cara, o blog além de muito bom,me surpreende a cada dia...Amo rock and roll e esse cenário independente exige da galera nova muito talento e amor a causa...sucesso e força , a banda e a vocês...Abraços...e uma sugestão...a música que ecoa pelos estádios nesse panacea!

Zenaide Silva disse...

As novas tecnologias ao mesmo tempo que auxiliam na divulgação, tratam também de massacrar os sem talento. me desculpem a sinceridade, essa banda é boa, mas tem gente melhor por aí, assim como tem pior. O que vai depender pra eles é uma coisa aliar o talento deles a sorte e ao conhceimento(apadrinhamento)... infelizmente desde os primórdios até hoje em dia muita gente só se da bem com um bom "apadrinhamento". Bacana, o post, bela escrita e interessante o tema.

Gremista Fanático disse...

Parabens ao pessoal do Maldita Futebol Clube pelo apoio aos talentos da musica que estão no anonimato e que precisam justamente desse apoio para crescerem cada vez mais.
Saudações do Gremista Fanático.

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.