sexta-feira, 24 de abril de 2009

Palavrões, a origem!

Esse post foi retirado quase que "ipisilitem" do blog da jornalista Camila Paulos : http://www.camilapaulos.blogspot.com/. O qual vocês devem visitar não só pela questão da curiosidade, mas pelo seu conteúdo, em geral muito bom. Licença concedida pela "fonte inspiradora", vamos ao que interessa!
Essa é pra rapaziada mais esquentada, que não só frequenta os estádios e xinga pra valer,ou seja, fala mal de alguém ou algo, mas que nos bares da vida ou em casa acabam por não controlar a própria emoção e desandam geral a baixar o nível metendo aquele palavrãozinho gostoso! Eu mesmo, de vez em quando, não me controlo e vocês? E futebol, quase sempre gera discussão e os mais exaltados sempre soltam aqueles palavrões cabeludos. Basta um erro de passe, um gol perdido ou um gol do adversário que pronto: um puta que o pariu daqui, um vai tomar no cú dali ou um fodeu logo aparecem!Mas, como aqui é tudo no bom humor, não levem a mal a postagem desas palavras de baixo calão, ok?

Então a gente fuçou e com a ajuda da Camila, acabei por pesquisar e descobrir a origem dos nossos palavrões mais populares! E fiel à minha crença de que não há conhecimento que seja inútil, compartilho a curiosidade com vocês. Os palavrões não nasceram por acaso. São recursos extremamente válidos e criativos para prover nosso vocabulário de expressões que traduzem com maior fidelidade nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o povo fazendo sua língua. Por que diabos merda é palavrão? Aliás, por que a palavra diabos, indizível décadas atrás, deixou de ser um? Outra: você já deve ter tropeçado numa pedra e, para revidar, xingou-a de algo como filha-da -puta, mesmo sabendo que a dita nem mãe tem.

Pois é: há mais mistérios no universo dos palavrões do que o senso comum imagina. Mas a ciência ajuda a desvendá-los. Pesquisas recentes mostram que as palavras sujas nascem em um mundo à parte dentro do cérebro. Enquanto a linguagem comum e o pensamento consciente ficam a cargo da parte mais sofisticada da massa cinzenta, o neocórtex, os palavrões moram nos porões da cabeça. Mais exatamente no sistema límbico. É o fundo do cérebro, a parte que controla nossas emoções. Trata-se de uma zona primitiva: se o nosso neocórtex é mais avantajado que o dos outros mamíferos, o sistema límbico é bem parecido. Nossa parte animal fica lá. Como disse, basta tropeçar numa pedra para que ela corra o sério risco de ouvir um desaforo. Se dependesse do pensamento consciente, ninguém nunca ofenderia uma coisa inanimada. Mas o sistema límbico é burro. Burro e sincero. Justamente por não pensar, quando essa parte animal do cérebro fala, ela consegue traduzir certas emoções com uma intensidade inigualável. Ele vai direto ao ponto, transmite a emoção do sistema límbico de quem fala direto para o de quem ouve. Por isso mesmo, alguns pesquisadores consideram o palavrão até mais sofisticado que a linguagem comum.
É o que pensa o psicólogo cognitivo Steven Pinker, da Universidade Harvard. Em seu livro mais recente, "Stuff of Thought "(Coisas do Pensamento, inédito em português), ele escreveu: "Mais do que qualquer outra forma de linguagem, xingar recruta nossas faculdades de expressão ao máximo: o poder de combinação da sintaxe; a força evocativa da metáfora e a carga emocional das nossas atitudes, tanto as pensadas quanto impensadas." Traduzindo: palavrões são f*. Tão f* que nem os usamos só para xingar. Eles expressam qualquer emoção indizível, seja ruim, seja boa. Então, se um jogador de futebol grita palavrões depois de marcar um gol, ele não o faz por ser mal educado, mas porque só uma palavra saída direto do sistema límbico consegue transmitir o que ele está sentindo. Outra prova de eficácia é que eles estreitam nossos laços sociais. Se você xingar alguém gratuitamente e o sujeito não ficar bravo, significa que ele é seu amigo. Daí que grupos de homens adoram usar cumprimentos como Fala, cuzão! Isso deixa claro que todos ali são íntimos. Perceber o xingamento como agressão ou ferramenta social depende do contexto, Que, no geral decide o que é palavrão e o que não é! Então vamos dar uma "sacada" nesses palavrões:

Idiota: na verdade é um xingamento tolo, não um palavrão, né? Pois bem, para gente idiotice é sinônimo de ignorância, para os psicólogos é uma deficiência que atrasa o desenvolvimento mental. Já na Grécia, onde a sociedade e civilidade era muito importante, o termo foi usado para qualificar os alienados de plantão. Gostei mais da explicação psicológica, acho que se encaixa mais ao que queremos dizer popularmente.

Merda:Está ligada a nojo, excremento, sujeira. Um vá a merda é quase um vai tomar no cú ou vá para a puta que o pariu e surgiu no meio das pestes e doenças, na França. Merda então é tré chiqué!

Vai se ‘fuder‘: a parte feia da expressão vem do verbo futere, do latim, que significa ter relação sexuais. Pra mim, ao pé da letra, isso não é muito ofensivo, já que as pessoas gostam de ‘futerem’, mas como soltamos essa frase quando não estamos muito satisfeitos ela ganhou um sentido mais “raivoso“.Derivam dele, o foda-se, o fodeu e o nem fodendo(típicamente paulista) e o se fodeu, extremamente preconceituoso. Adoro mandar a torcida de um time Molambo se fuder! No futebol, a torcida do Vasco falou: "Eurico vai se fuder, o meu vasco não precisa de você". Só pra registrar!

Otário: esse vem do mundo animal, já que otária é o gênero de animais que se locomovem com dificuldade e se tornam presas fáceis. Mas otário só virou uma ofensa por causa dos argentinos! Não porque eles são otários, mas porque a palavra veio de uma língua local (não oficial, claro) chamada lombardo, usada nos subúrbios de Buenos Aires. Os hermanos criaram com o sentido de homem ingênuo, para nós otários são pessoas tolas. Não obstante já ouvi no Maraca: "Urubu otário , o seu salário é cafézinho do Romário". Não podia ficar em branco!

Puta que pariu: talvez o mais popular entre os brasileiros, a expressão tem o sentido de volte para o corpo da puta que te pariu - me lembrou também o “filho da puta”, mas não vem ao caso.Quem não se lembra de "1,2,3,4,5 mil eu quero que o Dunga vá pra puta que o Pariu?" ou o que a torcida do Fla cantava pra do Vasco: " vá morar em Portugal ou vá pra Puta que o Pariu..."

Caralho: esse veio dos portugueses! Os nossos colonizadores chamavam os altos e grandes mastros das caravelas de caralho. Então, nessa coisa de grandeza e superioridade besta do homem, eles começaram a associar o tamanho dos mastros ao tamanho dos seus órgãos genitais externos, tipo “oh, o meu é tão grande quanto este caralho”. Por isso caralho é associado ao pênis, e também à reação de surpresa. E dele deriva a expressão "Caraca!" e também "Du caralho", quando dizemos "esse cara é bom", no popular dizemos: esse cara é "Du caralho!". ou então quando a raiva é terminal, falamos assim: "Vai pra casa do caralho", ou seja lá pra cima do tal do mastro, da porra do navio, no cafundó do judas, ou seja longe pra cacete!

Babaca: isso nem é palavrão direito, né? Ele pode ter vindo do tupi, babaquara, ou seja, aquele que não sabe nada; do latim, baburrus, que significa tolo; ou mesmo do português, de basbaque, aquela pessoa que fica espantada com tudo. Virou palavrão de criança!

Imbecil: vem de imbecilis, do latim, que significa fraco ou frágil, mas empregamos pra chamar as pessoas de “idiota” ou “tolo”. Imbecil também acabou sendo adotada pela psiquiatria para caracterizar pessoas com atraso mental.

Porra Nenhuma: essa expressão atendeu tão agudamente as situações onde nosso ego exigia não só a definição de uma negação, mas também o justo escárnio contra descarados blefes, que hoje é totalmente impossível imaginar que possamos viver sem ele em nosso cotidiano profissional. O "porra nenhuma", como podemos ver, nos dá sensações de incrível bem-estar interior.

Vai tomar no cu: graças ao preconceito sexual, surgiu uma das nossas expressões preferidas. Como é óbvio, o palavrão remete à “tomar” no ânus, ou seja, não é apenas “se fuder”, é mais ainda, porque é no cu. Agora, quando é falado "vai tomar bem no meio do olho do seu cú", é porque a pessoa está com uma raiva fudida de quem quem ela mandou tomar no cú.Tem uma musiquinha básica cantada pela torcida "arco-íris": Urubú vai tomar no cú". Calma gente é só reprodução do que rola nos testádios, nada demais e nem contra o Flamengo, ok?

Galera: as fontes de pesquisa forma o jornal zero hora, a revista Super Interessante da Abril e o blog da Camila, mas o assunto é tão vasto que citar atodos é impossível, ok?

E para descontrair e fazer a galera rir um pouco desse gigantesco post, se você chegou a ler até aqui, não perca tempo e ria para descontrair. Acesse o link e descubra graça dos palavrões: http://www.youtube.com/watch?v=aOUqLT262uk . Por hoje é só, e recadinho ao Jeferson Guerreiro e ao Felipe Souza: Muita calma nessa hora! Domingo, vocês devem ir a missa e depois rezar meus filhos! Não falem nenhum palavrão, assistindo a final, porque papai do ceú castiga, tá bem? Mas, eu sei que nem "fudendo" eles farão isso! hahaha. Beijos do âncora!

41 comentários:

Su disse...

huahuauahuahuahuaha
Meninos, que preciosidade, hein??!!
Palavrão também é cultura!!!
huahuahuahuhauhauhau
Beijos e bom FDS

Celamar Maione disse...

Belo post !
Muito bom.( risos )

O que seria da vida se não fosse o palavrão ? Francamente.

Palavrão alivia.
Eu sou usuária de palavrão dentro e fora do gramado.
Xingar alguém que está te enchendo o " saco" não tem preço.
Xingar quando algo não dá certo, nossa, é o máximo !
Palavrão desestressa e faz bem a saúde e ainda por cima é cultura.
Tanto que deu matéria para o seu e para outros blogs, além de revistas.
Seu post ficou " DUCA."
Bom final de semana,
grande beijo !

Carlão Azul disse...

Muito interessante esse seu TRABALHO de pesquisa Leandro, culturalmente falando ficou um primor, hehehehehehehehe

Acho que vc vai acabar recebendo algum desses adjetivos que mencionou aí no seu texto. Da um trabalho danado ler esse texto e vc ainda passa como "dever de casa" ver o vídeo, assim vc força a amizade.

BRINCADEIRINHA HÉIN?????

Abração Leandro.

Conclamamos à todos a aderirem:

BOICOTE JÁ À GALOPRESS……

ACESSEM:

http://www.soumaiscruzeiro.cjb.net/
http://anti-gaylo.blogspot.com

Saudações Celestes

SITE/BLOG Sou Cruzeirense - Site Sou Cruzeirense – Blog CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS Clique AQUI e visite a Seção de Brindes do Sou Cruzeirense VAMOS BOICOTAR A IMPRENSA GALINÁCEA, VAMOS DAR UM BASTA NA PROTEÇÃO AOS EMPLUMADOS! VAMOS EXIGIR RESPEITO AO CRUZEIRO!!!Onde tem de assinar pra aderir contra a tal Flapress aí...?

Ricardo Rigel disse...

O galera do maldita...
Muito bom agora que sei o significado nossos queridos políticos que aguardem...
usarei com frequência...

Serena Flor disse...

Gente...esse post mudou minha vidaaa!hahahaha
Fez toda a diferença saber o significado das coisas que falamos na hora da raiva...rsrsrs
Agora vou xingar "sabendo o que quer dizer".rsrsrs

Brincadeiras a parte, eu não sou muito de falar palavrão não, quando solto um pode ter certeza que estou muito "P" da vida....rsrsrsrs
Agora...o meu filho, de 10 palavras que ele usa, pode ter certeza que nove são palavrões.(ainda meto pimenta goela abaixo do moleque)hahahaha.
Beijos meus queridos.

mariana zuzuca disse...

Pois é então ..com a licença poética da palavra, vai tod mundo a m...digo´só os vascaínos, ou melhor o boatfoguense nervosinho do programa...rs na boa tá felipe, amo todos vcs! amei o post!

José "mengão" Luiz disse...

e não é que o cara só falou dos xingamentos diecionados ao Fla? rs piada! mas culturalmente engraçado e que video maneiro...muito divertido!

Silvio Flores disse...

Fantástico, me caguei de rir com o video! e o cartoon do chutna pedra e de doer a boca de tanto rir! parabéns...voltarei mais vezes aqui! mesmo não gostando de futebol!

Lelleca disse...

Oi Léo!

Quem nunca soltou um "palavrãozinho" que atire a primeira pedra! rsrsr

Fui lá. Segui sua dica e conferi o blog da Camila. Realmente, é muito bom! Quanto ao assunto, acho que o palavrão hoje em dia não é considerado mais um tabu. Assim como falar de sexo. Gostei da explicação, pois muita gente repete a palavra sem ao menos saber o que está falando. E isso acontece muito com as crianças.
Lembro de quando criança, minha mãe falava: “se xingar vou colocar pimenta na boca!”.
Hoje, tudo está mudado! Você vai à rua e escuta uma criança falar: Porra! Merda! E aquela que considero horrorosa, que começa com a letra C...! Se você for chamar atenção vai dizer para você assim: “Que é tia, o que está olhando?” E ainda vai te chamar de ultrapassada! rsrs
Sem querer ser demagoga ou até mesmo puritana, digo com toda sinceridade: fui criada sem palavrões! Isso não quer dizer que não solto um merda, uns pqp... Pois alivia e muito! Também não critico quem fala. Acho que cada um deve agir de acordo com o que se sente bem.
É claro, acho também que deve haver um respeito e uma certa dosagem ao pronunciá-las para que não se criem situações constrangedoras para quem fala.

Beijão!
Lelleca

Jorge Colina disse...

Pois é, mas sabe que até nisso a torcida do flamengo é a campeã? A mias mal educada, amias grosseira, amis imunda e a que, sem sombra de dúvidas, mais xinga seus adversários!

Prof. Afrânio Mendes disse...

Interessante abordagem. culturalmente divertida e cientificamente bem elaborada. belo texto, belo blog e naturalmente tão controverso como adverso entre os próprios membros, mas sem perder a unidade de divertir o leitor com essas 'picuinhas' quase que pre-fabricadas! estarei de olho, sempre!

Roberto Soares disse...

essa d foi "du caralter" rs, muito boa essa de mastros dos navios, eu não sabia! sensacional...parabéns mesmo, tenatreui ouvir vcs via web daqui do sul no site, ok? abs, roberto

Paula disse...

Putz (isso é palavrão)! Palavrão tem a ver com o poder de sintaxe e metáfora? Caramba! Tá vendo?! Quem disse que palavrão é algo de baixocalão?

Às vezes, somente um sonoro e adequado palavrão para expressar os nossos sentimentos. E acho também que existe um adequado para cada situação!

beijocas, Leandro!

Diego Louzada disse...

Excelente, Leandro!
Muito bom ver o significado dos palavrões e ver também algumas musiquinhas pros mulambos.

Abração!

Camila Paulos disse...

Eu sou suspeita pra falar, mas adorei o post e a forma que vocês relacionaram os palavrões com o futebol. O lugar em que eu mais uso esses xingamentos são no estádio mesmo, mas lá eu pego mais pesado... rs.

MEUS PENSAMENTOS disse...

caraca padrinho!
palavrão tbm é cultura no maldita!
nunca vi uma postagem tão cheia de intelecto!
deve ter dado um trabalho...
bjs!
amei a visita!
a demora das letras do comentarios
dev ser por causa dessa capa q coloquei no blog fik muito pesado + os selos.
essa postagem ta foda!
bjs!

Loucos por F-1 disse...

Muito interessante as curiosidades sobres os palavrões. Soltar este tipo de expressão é muito comum entre do brasileiros. Particularmente não sou daqueles que aderem ao palavrão como forma de expressão. É claro que as vezes solto um "merda", "idiota" e "babaca", mas esses são levinhos...rsrsrs.

Abraço!

Leandro Montianele

Glayce Santos disse...

hahahaha... que post delicioso. rs
quantas palavras polidas! hahahaha
Amei o VAI TOMAR BEM NO OLHO ¨%%$!!! hahahaha Interessante a origem do nomes, ops, dos palavroes.
Bom, então digo que vcs homens viciados em futebol são uns idiotas!!! Ops, uns alienados de plantão!!!! hahaha
É, não adianta, ja virou palavrão...rs já virou ofensa. N adiantou mostrar o significado...rs

beijão a todos e um especial pro LEANDRO q só escrever com a letra no CAPS LOCK! hahahah

rosa carvalho disse...

ola meninos da maldita futebol clube!!!
Eu não resisto quando vejo o jogo do vascão e quando é com o flamengo me perdoem mais sai cada um pior do que esses que vcs colocaram rsrssrsrsrsrsrsrsrs...
como psicóloga digo que os tempos mudaram e muito... hj em dia a maioria xinga altos nomes por conviverem tb com pais e amigos que xingam tb... fora a escola que não ensina mas eles aprendem...é claro que devemos evitar perante as crianças( dos outros rsrsrs), mas por educação.... rsrsrs porque na Tv já ta liberado... não só palavrões como até mesmo sexo explicito.... aqui em campos o pessoal xinga cabrunco e lamparão kakakakakakakaka.... e é considerado maior ofença.
eu sei que xingo muito... no dia dia e no jogo de futebol coitada da mãe do juiz, dos jogadores do Flamengo e do goleiro quando deixa passar ou se é gol contra vai de caralh.... pra baixo.... bjs saudades

Cleo disse...

Muito bom o post, original, até diria filosófico na essência do palavrão. E quem não usa palavrão? todo mundo, só que tem pessoas que falam prá dentro se fazendo de pudicas..rsrsrs. falar palavrão parece que até diminue a dor quando no caso chutamos uma pedra.
adorei a postagem.
E obrigada pelos comentários lindos no meu blog.
Um fim de semana maravilhoso prá vocês;
Beijos com carinho
Cleo

Fernando Gonzaga disse...

acho que o palavrão está intrínseco no saber do ser humano...impossível ñunca se expressar assim...eu mesmo, tenho a lingua solta e vivo falando uns...

abraço!!

Flor ♥ disse...

Leandro,

caprichado esse post, hein?!?! Muita informação e cultura (rsrs. Concordo com o teu xará do Nóis na fita: quem não fala palavrão... pelo menos pensa em palavrão. E nunca imaginei que minha cabeça tinha "porão"! Legal, viu?

Abraços!

P.S. Morri de rir com o vídeo...

Beth disse...

Pois Zéeeeeeee
Estava lendo dia desses um artigo sobre um dicionário de palavrões criado, em 1979, pelo etnologo Souto Maior. Esse dicionário tinha o prefácio de Gilberto Freyre, comentários de Aurélio Buarque de Holanda, capa de Francisco Brennand e contracapa de Jorge Amado, indiscutível autoridade no assunto.
E como disse Souto Maior à época: "palavrão é cultura, porquanto literatura".

beijocas

PS: Sempre venho visitar vocês, mas na hora de comentar esse pop-up trava. Mas estou sempre passando por aqui, principalmente para acompanhar as novidades do meu Mengão !!!

Anderson Cruz disse...

Opa galera.
Que texto lindo!!!(Isso soa gay pra c*ralho!!)
o.O
Quase chorei ao ler...chorei de rir,claro.
Obrigado,vc's me deram uma excelente idéia para um projeto na minha facul.Faço letras e vou pesquisar mais sobre o "palavrão".


Abraço galera.

PS;Domingo,Mengão f*dendo Botafogo..

Vinicius Grissi disse...

Puta que o pariu! Esta porra de post ficou bom pra caralhO!!!

Desculpe...não resisti.

Prof. Mota disse...

puta que pariu(não resisti também!)...desculpem a todos , mas esse post me fez ter a vontade de soltar o verbo e falr um monte de merda por aí a fora! rs exceelente mesmo! parabéns, pois mesmo sendo um post extenso você conseguiu que todos não só fizessem a leitura, dessesm uma olhada no vídeo e comentarem extensamente (como eu)... fantástica a organização desse texto! parabéns pelo visual do blog, pela música tema de vocês e pelo programa(apesar de as vezes não sacar o que ocês dizem, por ffalarem rápido demais e ao mesmo tempo!...de qq foprma, são inovadores! abs, Mota

Jacky - Simples assim!!! disse...

Adorei...Naõ sou muito de usar palavras de "baixo calão", mas tem hora que não dá pra ficar sem soltar alguma... é tão normal.
è estou meia sumida mesmo, é o TCC que está me deixando louca... Mas vou arrumar mais tenpo p/ ver os blogs dos amigos.
bjo e fica com Deus...

Evandro Varella disse...

Galera,
Esse post ficou muito bom! Além de super instrutivo ficou muito divertido também... É por essas e outras que me apaixonei pelo mundo dos blogs, informações relevantes e profundas!!!! E o melhor de tudo, quando mandar algum incauto prá aquele lugar, o farei com absoluto conhecimento de causa, kkk
Abração

Gremista Fanático disse...

Genial isso ai, hsuahsuahsuahsuahsu, isso só mostra que o Maldita é pura CÙltura, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, valeu Leandro e Camila, voces me divertiram bastante com esse post.
Saudações do Gremista Fanático

charles madeira disse...

Texto maneiro e grande pra caralho,parabéns!!!!

Marco Fiore disse...

Porra...muito bom! "Du caralho", como vocês falam no texto. Que ciência é essa de estudo do palavrão... a linguistica? de qualquer forma, o fala cuzão, diz ae animal, vai tomar nocu zé mané são mesmo formas de se falar entre nós, aqui na nossa pelada em Brasília! parabéns!

Fc do Cesão / Jack disse...

OLÁ PESSOAL!! COMO VOCES ESTÃO ?
EU ESTOU SEM NET EM CASA, POR ISSO Q SUMI...
UM GRANDE ABRAÇO, ESPERO ESTAR DE VOLTA LOGO... :D

Canto da Boca disse...

Maldita também é "molto" cultura!

Mas eu tenho uma máxima, nunca mando quem me faz raiva "se fuder", porque isso é bom demais, e não vou desejar isso pra quem me fez o sangue borbulhar de raiva, né??

Beeijo!
;)

Rosa Carvalho disse...

NOSSA!!!!! PUTA QUE PARIU BATENDO RECORD DE POSTAGEM A APÒS PANECEA MUSICALIS....VCS SÃO FODÕES ....DO PIRU MESMO KKKKKKKKKK
BJOS MUITO BJOS DA VASCAÍNA

Srta Diazepan disse...

to de voltaaaaaaa!!!!! e caralhooooo, cadê um post falando do imbatível inter??? tá devendo né!!!

beijos

Lincoln da Baguera disse...

Fala brow! show de bola o post...mór onda.Mas, nada me diexa mais puto da vida do que nego duvidar do Ronaldo. Taí a vida dá voltas! E o cara é PHoda!

Rômulo universo disse...

Mermão...tú é o cara! adoro tua escrita e nunca comento, apenas leio, mas essa foi descaralhadamente sem noção de boa! Abraços do amigo Rômulo de cabo frio!

Patrick - SG disse...

Fala Leandrão!Tirou onda nessa! Abraços...patrick

Maldita Futebol Clube disse...

Galera, queria agradecer a todos que aqui comentaram e nos prestigiaram!Esse é o "espírito da coisa"...ironia, cultura, humor fino, entretenimento com qualidade e muita pesquisa e trabalho. Nada aqui ocorre por acaso. Se hoje temos uma baita audiência no segmento descontraído da rádio esportiva carioca, nós devemos a esse trabalho árduo e a todos vocês, que de um modo ou de outro nos incentivam a seguir em frente. O nosso propósito é agregar valores, transmitir informação com prazer e fazer chegar a to9dos vocês um trabalho jornalístico de qualidade. Obrigado aos leitores e amigos, mais amigos que leitores, eu acho!rs Um "Du carlhoo" do tamanho do mundo pra todos... a galera da faculdade, colegas e professores, vocês são foda...amo todos vocês! E aos amigos que são parte da família MFC: é só o início...vêm muito mais por aí, basta acreditar! rs Não vou mandar ninguém tomar no cú(na boa) porque isso não é algo que se deseje para quem a gente gosta...mas Puta que o Pariu(plagiando a Blitz!) que pOSTÃO(UHAUAHAUAHAUAHU) ABRAÇOS A TODOS E BEIJOS DO ÂNCORA!

Jefferson freire disse...

Que boa pesquisa, agora poderei mandar vc se "futere" toda vez que falar mal do meu Mengão!

Abção

Beti Timm disse...

Leandro, tudo bem, demorei mas vim, mas notei que nem fiz falta, isso aqui bombou geral. Muito instrutivo seu post, e muito bem escrito!

Eu adorooo dizer PORRA, tanto para coisas boas como para as ruins. Acho uma palavra gorda, possante, enche a boca pra se falar. Como é bom xingar dizendo: Ô MEU QUE PORRA DE MERDA!!
Assim fica perfeito! Diz tudo!

Beijinho

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.