quinta-feira, 9 de abril de 2009

VASCO E CHAMPS: DIVÓRCIO À VISTA?


Fala galera querida do blog mais louco do mundo! A cada dia que passa nesse mundo, tudo fica mais maluco e volátil ainda. As mudanças se sucedem com uma velocidade incalculável. Agora, o lance da vez é a parceria Vasco x Champs, que parece que "subiu em cima do muro", como diria meu amigo Charles Madeira. A boca pequena dizem que o vasco tá tomando um cano com cheques sem fundos, atrasos mensais dos pagamentos devidos e falta de material disponível no mercado. A empresa diz que foi sabotada e que vai ajeitar a coisa toda muito em breve. Agora, existem dois agravantes nesse meio: o primeiro é a baixa qualidade do material produzido pela empresa, motivo de reclamações constantes dos atletas e torcedores vascaínos e o segundo, político. O clube que vive num eterno caldeirão efervescente de conluios e manobras entre situação e oposição, vê um situação real de desgaste do Dinamite em meio aos problemas com a Champs. Eurico vivia dizendo que essa empresa não era digna do clube e que aconteceriam problemas desse naipe. Eu, que não compactuo com eurico em diversas situações, me rendo ao que foi dito por ele face aos problemas atuais. Agora, acontece que em meio a tudo isso a solução pode estar no maior rival, o Flamengo. Explico: em caso de rompimento, as primeiras opções viáveis no mercado são a NIKE( a mais provável) e a Olimpikus(no caso do rubro-negro se acertar com a NIKE). O que eu penso disso tudo é que tem muita água para rolar e que até um ajuste com a Champs não está descartado, mas que o problema é de suma importância e que a empresa tá deixando o clube na mão, isso é inegável. E vocês, o que pensam disso? Beijos do âncora!

16 comentários:

Mariana Zuzuca disse...

Putz que marquinha de segunda! vocês bem que fazem jus a ela!

Jorge Colina disse...

Pois é... mas eu bem que acho que essa coisa é de momento e que o Vasco está no caminho correto e finalmente bem administrado! Dinamite demoprou mas pegou no tranco1 e vamos engolir os cachorros,, depenar os urubus e atropelar o canil depois, rumo ao título!

Jubert de Souza disse...

Leandro, tudo tem o seu porque... mas, a Champs passa por uma crise demercado e nada mais. Acho0 que em um mês ela sai do chão! e não quero Nike no Vascão!

José "mengão" Luiz disse...

Time de segunda, camisa de terceira e administração precária, somados a uma torcida de bosta, dá nisso...ôôôôô volta Eurico!

meus pensamentos disse...

olá padrinho que saudades!
vim desejar a vc e todos deste blog u8ma pascoa abençõada da graça de JESUS!
BOM Ñ ENTENDENDO NADA DE FUTEBOL,GOSTARIA MESMO DE VER OUM BLOG FALANDO DE VC E SUA FAMILIA,FIK AI A SUGESTÃO .
UM FORTE ABRAÇO!NO CORAÇÃO DO MEU PADRINHO!

Daniel disse...

Empresa não torce prs time nenhum. Empresa quer apenas ter seu nome vínculado a um time que tenha público consumidor qualificado, qualquer empresa. E elas querem que o investimento que eleas fizerem tenha um retorno lucrativo em incremento das vendas.

O fato de o uniforme do Vasco ser do mesmo fornecedor que Nova Iguaçu, Taubaté, Voltaço e Bragantino diz, sim, muita coisa sobre o caráter mulamboso da galera cruzmaltina.

Vejam o Fluminense: raramente ganha um título decente, vive de uma copinha aqui, um estadualzinho alí, tem uma torcida minúscula... mas é servido pela Adidas e patrocinado pela UNIMED porque tem um bom público consumidor de planos de saúde e produtos esportivos "de marca".

O Mengão nem se fala, a Vulcabrás vai pagar a maior quantia de toda a América Latina para ter o direito de fazer nossas camisas. Nestlé, Oi, Toshiba, Suvinil disputam o espaço deixado pela Petrobras. Isso porque temos o público mais qualificado (maioria nas classes A, B E C).

Já o timeco de mulambos não consegue patrocinador nem fornecedor (e esta estória já se arrasta a uns 10 anos, quando tem fornecedor não tem patrocínio quando tem patrocínio usa uniforme da confecção da esquina, isto quando não um nem outro) porque só tem favelados.

A torcida do Fla tem um monte de favelados (com muito orgulho) e um monte de "condominados". A do Flu tem um monte de "condominados". O Botafogo não tem torcida. Pra vocês sobra o resto da favela.

Entederam porque vocês são os únicos e verdadeiros mulambos? Que até vestem um uniforme literalmente de mulambo?

Abraços

Maldita Futebol Clube disse...

Caro Daniel, essa é uma visão típica de quem é marrento, e como bom rubro-nrgro você não o poderia dexiar de ser.Mas, você não sabe nada!Empresa realmente não torce para time nenhum, pórtanto quiando foi pioneiro em colocar anúncios com a 3 b rio na camisa, o Vasco realmente não tinha uma torcida qualificada, nem com a Coc-Cola, ou quando ousou colocar SBT na camisa! O vasco nunca se vendeu por pouco! Empresaas como a MRV nunca cresceram tanto e constúiram tanto no RJ. Mas, isso você não deve saber, aliás nem sei se tem casa, mas a torcida do vasco têm!O fato de termos o uniforme feito por uma marca, cuja filial estrangeira abastece toda NBA, nada significa! assim como o tênis olympykus é uma bela bosta que vai calçar os pés descalços dos framengus.Com kichutequem sabe, porque tênis caro framenguista não compre, que sabe, na melhor das hipóteses, se "apodera"!Nosso time não coloca patrocinio por quaisquer dez vinténs, tem um nome e uma tradição a zelar e se a empresa for desconhceida(como vcs falam da Champs) tem que pagar caro, alias o melhor contrato de camisa do Brasil! E com relação a sermos favelados, digo mais, somos da zona norte carioca, somos o berço do negro no futebol brasileiro, somos um clube de povão, de nordestino arretado de boia-fria sulista, de trabalhadores abnegados e de empresários de sucesso, e não por acaso, time do sérgio cabral, do lula e do eduardo paes! você os conhece? Bom se souber ler direito, creio que sim!
Nosso uniforme não parece com o do freddy Kruegger, nem com pano de "macumba"(com todo o respeito a quaisquer uma das religiões). muito pelo contrário, é o único no Brasil que em sua camisa, faz menção histórica a fatos ocorridos na história brasileira e mundial num período chamado de "era da navegação", mas não vou dar mais moral a molambo nenhum, até porque se você não sabe, aprenda...é MOlambo e não MUlambo. A todos que me conhcecm as minhas desc ulpas pelas palavras destemperadas, ao molambo que escreveu essas sandices, vá pro raio que o parta! e mais, publiquei o comentário como democrata que sou...e publicarei sua resposta, mas é bom que saiba, ofenda o cidadão da esquina, o seu familiar e até a mim, mas nunca e u disse NUNCA ofenda o meu Vasco, porque aí a o bicho pega, a coisa fica feia, ainda mais se for totalmente nula e sem argumentação, como o comentário feito. saudações vascaínas, leandro

Maldita Futebol Clube disse...

E, Daniel, quando se remete a questão temporal em um período(frase) não se fala a (artigo) e sim o verbo há(de existir), e depois nós é que somos os molambos!rsrsrsrsr seria cômico, mas é trágico!

Daniel disse...

Caro Leandro, tudo bem? Se você quer fugir do assunto do tópico para debatermos pequenos erros de sintaxe, ortografia, regência, coesão textual e o escambau que se cometem por não se saber digitar olhando para a tela, por não se ter tempo ficar revisando comentários em blog antes de postar ou por desconhecimento das regras da língua mesmo, então vamos lá.

Vamos ver se sua pedância tem algum sentido ou se é só coisa de mulambo. Eu acho melhor que antes de corrigir alguém por uma questão idiomática qualquer você se lembre de que quem tem telhado de vidro não taca pedra no do vizinho, já dizia vovó Julieta.

1- Em Língua Portuguesa separa-se o ponto, o ponto e vírgula, a vírgula et cetera da primeira letra da frase ou trecho seguinte. Exemplo: isto que eu acabei de fazer. Mulambo!

2- Entendi que "constúiram" foi um erro de digitação para "constituíram". Mas este acento no U não existe e não tem desculpa. Mulambo!

3- Nomes próprios (Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Lula, Olympikus...) se escrevem em caixa alta. Mulambo!

4- Você quis dizer "há" de "haver", não foi? Até porque o "haver" de "há muito tempo" não é sinônimo de "existir" (não se diz "existe muito tempo que não vou lá ") mas de "fazer" (se diz "faz muito tempo que não vou lá"). Se quer corrigir alguém demonstre conhecimento de causa, não corrija cometendo um erro pior, seu mulambo!

5- Leandro disse: "mas não vou dar mais moral a molambo nenhum, até porque se você não sabe, aprenda...é MOlambo e não MUlambo"

Daniel responde com algumas citaçãos deste mesmo blog. Em 14 de Janeiro: "Tremei Mulambada!"; em 18 de Janeiro:"Chora Mulambada".

Embora molambo seja mesmo a forma adotada pela ABL, mulambo é forma consagrada pelo uso; é o mesmo caso de muçarela/mussarela que ficou tão em voga recentemente pela mídia. Entendeu mulambo?

Bom, vou escrever comentário separado falando do tema central do debate, porque se eu for corrigir todos os seus erros de português (e de línguística, como no caso mulambo/molambo) eu não acabo hoje.

Abraços mulambão!!! Até daqui a pouco.

Daniel disse...

Quanto à sua defesa desesperada da importância do Vasco como "outdoor esportivo" não há muito a dizer, você já disse tudo.

Senão vejamos:

1- Citou 3B-RIO e MRV como exemplos de grandes empresas.

2- Citou um patrocínio de 1 único jogo que só foi adotado por uma birra entre aquele dirigente criminoso (que vocês elegeram e reelegeram durante duas décadas) com a Globo e pelo qual o Vasco não levou nada (pelo contrário: quase levou um processo do SS que não tinha autorizado a vinculação de sua consolidada marca a este pano de chão que você chamam de uniforme).

Quer dizer, é mesmo deprimente.

----------------------------------
Eu não sacaneei vocês pelo fato de sua torcida ter PROPORCIONALMENTE muito mais favelados que a nossa. Pelo contrário: eu disse que o FLAMENGO tem a maioria (numérica, não proporcional) de favelados COM MUITO ORGULHO. Ser favelado não é vergonha, assim como ser "condominado" (sim, eu sei que esta palavra não existe) também não é.

O que eu questiono é o porquê de uma torcida que na proporção é muito mais favelada do que a nossa, que tem uma concentração muito maior do que a nossa na Zona Norte (e daí a ponte com o tema central do debate, já que a causa de não conseguir patrocínios vultosos e nem fornecedores decentes é exatamente esta) ter a empáfia de querer posar de elite e de querer sacanear outra qualquer torcida pelo perfil sócio-econômico de seus torcedores.

Se a torcida do Fluminense sacaneia a torcida do Flamengo de "mulambada" ou de "favela" eu posso até achar um ataque de mau gosto ou "politicamente incorreto", mas tenho que engolir, já que a torcida do Flu embora tenha menos ricos (quantitativamente) que a do Flamengo, é proporcionalmente mais rica.

Já a do Vasco é o contrário, embora tenha menos vascaínos pobres do que flamenguistas, proporcionalmente há (sinônimo de existir, não de fazer) muito mais. A torcida do Vasco deveria (se tivessem simancol) ser a última a berrar coisas como "mulambada" e "favela" para a flamengada, mas é a primeira.

Entendeu, mulambão?

Daniel disse...

Ah, outras coisas:

1- Na época que a Coca-Cola patrocinava o Vasco ela patrocinava praticamente todos os clubes do país (inclusive Bangu, América e etc). Dava qualquer merreca em troco da sua marca estampada. Havia apenas uma excessão: um time que ganhava uma fortuna para ter sua imagem vinculada a uma gigante petroleira, advinha qual?

2- Torcida do Flamengo não compra mesmo material esportivo caro. Quem compra é a torcida do Vasco. Por isso que a Vulcabrás (a mesma Vulcabrás que vai pagar ao Flamengo mais de 20 (isto mesmo: 20!!!) vezes o valor que pagava ao bacalhau para ter exclusividade na fabricação deste Manto que (segundo você) ninguém compra saiu correndo daí, porque estava vendendo muito e não dava conta da produção. Deve ser.

3- Não é "a filial estrangeira" da Champs quem abastece times da NBA. ERA a Champs brasileira (redundância, já que a Champs é uma empresa brasileira fundada em 2007 e ainda não tem "filiais estrangeiras") que TINHA um contrato com a NBA para produzir os produtos da NBA AQUI no Brasil, mas o contrato nem foi renovado. Ê mulambo burro.
Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Champs_(brand)

4- Você precisa estudar conjunto lá no jardim de infância. Se o Flamengo tem o melhor contrato de fornecimento da América Latina o Vasco não pode ter o melhor do Brasil.

5- Precisa também retornar aos estudos matemáticos do primário (pelo fato de ter dito que o maior contrato do Brasil é o Champs-Vasco). 21 milhões por 42 meses (o contrato Champs-Vasco) é muito menos que os 16 milhões anuais do Corinthians-Nike ou que os 9,2 milhões anuais do Palmeiras-Adidas. Pare de sonhar mulambo.

Para você não dizer que inventei os dados, fonte: http://www.lancenet.com.br/flamengo/noticias/09-04-03/521482.stm?futebol-olympikus-pode-colocar-o-flamengo-no-topo

6- "Nosso time não coloca patrocinio por quaisquer dez vinténs, tem um nome e uma tradição a zelar"

Por isso que tem tanta dificuldade em conseguir, falta de humildade.

Não conseguem ver o quão limitados são e querem posar de grande bosta. Seria a mesma coisa que o Flamengo não aceitar os 22 milhões de reais da Vulcabrás por ACHAR que vale os 30 milhões de euros que a Nike paga ao Barcelona.

Rodrigo disse...

Brincadeira,falar que a torcida do Flamengo é de maioria Classe A,B e C é sacanagem...
Meu amigo,vai em QUALQUER favela e faz uma pesquisa antes de falar besteira...
Torcida de favelados...

Jorge colina disse...

Quem tem boca fala o que quer rodrigo, deiza eles1 bando de molambos

Daniel disse...

Como bons mulambos vocês não sabem ler, né Rodrigo e Jorge? Porque se soubessem teriam entendido que em nenhum momento eu neguei o fato de que a torcida do Flamengo é maioria nas favelas.

A torcida do Flamengo é (e foi o que eu disse) majoritária em TODAS as classes sociais: na A, na B, na C e também na D e na E (o que a qualifica como torcida mais democrática). É verdade que em qualquer favela tem muito mais urubu que merluza (bacalhau é produto de primeira). Em qualquer prédio do Leblon também.

Já a torcida do Fluminense é a SEGUNDA MAIOR nas classes A e B (o que a qualifica como torcida de "playboy") enquanto a do Vasco é a SEGUNDA MAIOR nas classes C, D, E (o que a qualifica como torcida de favelado).

De qualquer modo não é o fato de serem favelados que me enoja. É o fato de serem favelados tão burros e preconceituosos que incitam o preconceito contra a classe social que ocupam.

Não é vergonha ser pobre, é vergonha ser pobre e destilar preconceito contra os pobres. Esta é a vergonha da torcida vascaína, torcida de pobres que não gostam de pobres. Chega a ser nojento.

Entendeu ou vou ter que fazer um desenho?

Aliás: vocês não gostavam de preto, nos chamavam de Urubu. Nós fizemos disso um símbolo. Não gostavam de pobres, nos chamaram de favelados. E também estamos fazendo um símbolo, assista: http://www.youtube.com/watch?v=8_DAXMMF8t8

Continuem nos jogando ovos. A gente vai continuar fazendo omelete com eles.

É por isso que vão ser sempre uma torcidinha de merda, de time pequeno: burros e preconceituosos (Aliás, isto é um pleonasmo, né? Todo preconceituoso é naturalmente burro).

Daniel disse...

Ah, gostaram do calote? É assim mesmo, não liguem.

Parece que agora o Robertão foi lá lamber a Vulcabrás para que eles aceitem o Vasco de volta. Só se lembrem de uma coisa: para o Flamengo eles (a Vulcabrás) vão pagar mais de 20 milhões (30 a partir do segundo ano). E eles tinham saído do Vasco porque não aceitavam pagar mais que 3,5 milhões por ano (isso quando o Vasco ainda era um time pequeno no meio dos grandes).

Bom, pelo menos não vão dar calote. Acho melhor vocês aceitarem qualquer proposta :P

Maldita Futebol Clube disse...

Bom, primeiramente Daniel, acho que você tem que repensar o seu vocabulário ou não publicarei mais nenhum de seus comentários em meu blog! Dito isso, vamos aos fatos:
Em relação ao seu último comentário sugiro que verifique valores pois O vasco fechou com a penalty e não com a vílcabras e ao que parece( hoje será anunciado) , será um contrato de R$64 milhões para três anos(eu acho) , portantos mais de R$20 milhões por ano!Você acha pouco?Que pena!

Quanto ao outro comentário, que eu saiba, assim como vocês tem maioria nas classes mais favorecidas, nas menos favorecidas também o têm...Portanto, é mais fácil vocês não saberem ler do que qualquer outra torcida, não é mesmo, senhor PHD?O que você diz qualificar como a mias democrática pode ser visto em outras óticas como a mais heterogênea e sem identificação das torcidas ou como a mais burra também ,depende da maneira que é vista, pois ser maioria em todas as classes não impede que quantitativamente a torcida de seu time não tenha predominância numérica da classe menos acadêmica e sem formação( como é o caso!). Com relação a pesquisa leia direito o Vasco fica acima do Fluminense uméricamente em todas as classes, o que aconteceé está explícito nisso, é que a predominância numérica da tricolor é nas classes A e B e a do Vasco é na classe C... com a D e a E empatando percentualmente com a A e a B!Portanto se tem alguma predominância de favelados , significativamente quem a tem é a do URUBU. Não somos burros e preconceituosos, aliás se existe um clube que não pode ser taxado de preconceituoso, esse é o Vasco, que foi quem trouxe o negro e o pobre para o futebol para desgosto de flamenguistas da epóca e nós, nos orgulhamos disso e temos orgulho tambpém de termos uma torcida de negros, pobres, nordestinos e talvez, essa sim a mais democrática do país! Não somos preconceituosos, somos uma torcida que estuda e trabalha, de pessoas simples, e de bem. Quanto ao entendeu ou vou ter que fazer um desenho, talvez nmão haja frase mais preconceituosa do que essa que você proferiu, mas você deve estar acostumado a fazer isso. De tanto fazer aos seus torcedores para se fazer entender! Disse que não gostamos de pretyo e eu digo: mentira!Nunca falamos isso e a história prova isso. Vá ao ano de 1923 e veja quem era preconceituoso e racista. Se não conhece a história, estude-a para depois proferir suas palavras, amigo.
Agora, ao final, você mostra quem é a torcida sem educação e baixa! e quem realmente é preconceituoso. Quanto ódio no coração, quanta bnobagem proferida, quanta discriminação e nojo! Não sei o que é pior, uma torcida de m...(como dito por você e eu discordo inteiramente) ou um torcedor que distorce números, fatos históricos, inventa pseudofornecedores aos rivais, além de tudo isso, ser baixo, proferir frases preconceituosas e usar de palavras de baixo calão para se referir ao seu semelhante que torce para outro time! Isso não seria ser preconceituoso? de qualquer forma, como uma imprensa democrática e livre exige, eu resolvi publicar todo e qualquer artigo e responder como sempre a todos, com educação e fidalguia, sem melindres. Mas, torno a repetir, só publiquei dessa vez, porque na próxima qualquer termo que tiver com palavrões e ofensas gratuitas, eu não publicarei, ok? Abraços e tenha um bom dia!

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.