domingo, 12 de julho de 2009

O mais querido!

Foto:www.supervasco.com

Fala galera...

Muitos dizem que o Flamengo é o mais querido,no Rio e no Brasil, mas parece que esse "mito" está caindo. Até Ronaldo - flamenguista confesso - já admite que o urubu não é o mais querido! Eu sou da opinião de que contra fatos não há argumentos. E nós, aqui no Rio, parecemos esquecer de alguns fatos históricos.
Por exemplo: essa estorinha de "o mais querido" que vem desde o início da era do profissionalismo, é pura fanfarra. Expilco: em 1927, o Jornal do Brasil decidiu colocar em disputa o título de " o mais querido do Brasil". Numa prova baseado numa eleição popular. A Taça Salutaris seria entregue ao time "mais querido do Brasil". Venceria quem levasse mais cupons da água mineral Salutaris, indicando o nome do seu time. Os comerciantes portugueses, vascaínos, tinham tudo para vencer. Mas os flamenguistas se mobilizaram, adotaram sotaques lusitanos e lotaram as padarias do Rio com escudos do Vasco na lapela. Quando chegaram à sede do jornal, jogaram os votos falsos nas privadas do prédio e entregaram apenas os do time rubro-negro. Um engenhoso golpe eleitoral. E essa fraude é bem a cara dessa torcida, que todos sabem que possui um carater duvidoso.
Pois é galera, é como eu falo a torcida do Fla é uma grande fraude, fruto de uma mídia (fla-press) que sempre influencia a uma grande parte de nossa população. O famoso poder "alienante" e, por isso, considero o Vasco a maior, melhor, e mais qualificada torcida do Rio. Nossa torcida é genuína, não precisa de manipulação e apoio de de uma imprensa "marrom",ou melhor "rubro-negra". Nós somos Vasco- acima de tudo- e somos de fato a maior torcida do Rio.


Obs: O sentimento não para!


27 comentários:

Nana B. Poetisa disse...

Boa, Charles...gostei!

Vascoooooooooooooooooooo!

Jefferson freire disse...

Vc disse tudo charles:"contra fatos não há argumentos". E não é uma campanha publicitária q decidirá quem é o mais querido, mas sim as atitudes dos torcedores. Um time q leva menos de 6 mil torcedores em jogos importantes e q tem dificuldade em lotar um estádio com capacidade para 15 mil torcedores, não pode ser mais querido q um clube q tem média de público de 40 mil torcedores, q esgota mais de 200 mil camisas em apenas uma semana, q tem mais exposição q qualquer clube brasileiro, q tem o maior contrato de fornecedor de material esportivo do país, enfim, não tenho como discutir algo q até mesmo vc na sinceridade sabe q o Flamengo é o mais querido.

PS.: a cada dia a torcida vascaína se torna mais preconceituosa, e afasta as belas atitudes do passado, vide os posts e comentários maldosos em relação à torcida do Flamengo. Depois não venham chorar respeito aqui hein.

Abços

Roger disse...

Caro Jefferson,

Primeiro:
O que você diria se o seu time tivesse um estádio prá jogar e nele coubesse 15 mil pagantes?
Seus números altos não existiriam certo?

Segundo:
E quando os jogos são na Terça ou Sexta e o trânsito (digo de cadeira porque trabalho na Tijuca e moro na Ilha) é simplesmente travado, principalmente nas principais via de escape do Centro que são: Radial Leste e Leopoldina?

Terceiro:
"O Sentimento não pára"

Um abraço pra galera toda do MFC.

Maldita Futebol Clube disse...

Jefferson, discordo quanto ao preconceito da torcida vascaína: será que vocês não são tão ou mais preconceituosos do que qualquer outra torcida? Não disseminam o ódio entre nações(Brasil x Portugal), não incitam a violência com suásticas e símbolos de tanques de guerra nas logos de suas torcidas? Mais calma nessa hora,Jefferson!E quanto a campanha ela se deu na década de 20, onde o principal instrumento de comunicação era o jornalismo impresso, campanhas publicitárias engatinhavam e eram bem ingênuas até! O que o Charles fala é da moral da coisa.Do ato ilícito de se fazer passar por "A" e ser "B" para mudar uma opinião a respeito de algo ou iludir a opinião pública com resultados forjados, como acontecem com os instituos de pesquisas. Não duvido da maioria rubro-negra, mas entendo que os números expostos são ilusórios, não refletem o que se vê nas ruas e, sinceramente, não acho que a torcida do flamengo seja mais de 40 % da torcidfa carioca, que dirá os tais 50%! Isso é opinião minha pelo que vejo nas ruas e não blábláblá de torcedor vascaino, que sou, com muito orgulho mesmo!
Outro ponto: Nosso estádio atualmente é liberado para 25 mil pessoas de acordo com o laudo do corpo de bombeiros, de janeiro de 2009! Eu falei "nosso" estádio, mas me refiro a NÓS vascaínos, é claro!
Com relação ao público, torcedor é motivação e não obstante isso , lotamos o Maraca contra o corinthians nas semi-finais da copa do Brasil e colocamos excelente público nos jogos iniciais da série B. Apenas nos jogos com horário esdruxulo, tipo sexta a noite ou com transmissão direta em tv aberta para o RJ, que o público foi menor. O ano inteiro o Vasco teve bom público, inclusive foi maioria na torcida no jogo em que vencemos o Urubu, nos clássicos do estadual, contra Flu e botafogo( todos eles) e tem uma toprcida que em menos de 60 dias deu uma resposta de 25 mil associações em um programa de sócios, que oferece muito menos do que os dos demais clubes. destes, inclusive, 17 mil pagantes confirmados já estão! portanto, falar de torcida e público em relação ao Vasco, acho que merece de sua parte uma análise mais cautelosa e criteriosa para sua opinião ser melhor expressa. Inclusive, os dados passados pelo Roger de acesso ao estádio, que não fica numa região centralizada e tem a deficiência( culpa do municipio) de poucos transportes coletivos por perto, ajuda e muito.
No mais, Charles, mais uma vez lhe dou os parabéns e cito ao fundo a música hit: " a molambada toda chora, não tem estádio pra jogar"...rs
E jefferson, que papelão do tal "Imperador rubro-negro", de respeito ao São Paulo!Ele não se diz 'framenguista"(como disse o Dênis Marques), desde criança? não era para comemorar, emuito , o gol? Palhaçada e hipocrisia pura, meu caro! Abs, Leandro

Mariana Zuzuca disse...

Que piada! só isso... beijos, Jeffinho querido, mengão tá la na A e o o caidinho da cruz de malta? dá moral a eles não! fica na sua. rs beijão!

Julio Cesar disse...

Olha só, o Charles delirando legal agora

A resposta do Jeferson já tratou de anular mais essa postagem fora da realidade dos vascaídos

Só acrescento uma coisa: mais uma vez a memória seletiva dos anti-Flamengo deturpa a realidade...na época da promoção da água Salutaris, a regra era o maior número de rótulos POR PESSOA, correto?

Então, os COMERCIANTES lusitanos fizeram o q? Compraram trocentos rótulos, dado q tinham poder aquisitivo maior.

Ou seja, com grana e sendo vascaíno pode-se tudo né? Até trapacear, que será visto como algo honesto e educado. Flamenguista não, esse não pode nada q já é visto como ladrão. Alguma semelhança com outros tipos de preconceito?

Bem feito, no final perderam o troféu e ainda tomaram um preju violento kkkkkkkkkkk

Vai lá Leandro, defende ae! kkk

Jorge Colina disse...

Ha ha ha... grande Madeira! É por isso que gosto de você, meu camarada.
Quer dizer que o tíluo de "mais querido" é uma fraude? Até isso foi tungado? Que coisa... a cada dia que passa, o quanto mais vascaíno eu sou, mais enojado pelos "molambos" eu fico! Jeferson : todos passaam por uma fase complicada,e de altos e baixos na competição. E aí os públicos oscilam. Normal. Não vejo nada demais. Talvez se voltassemos a mandar jogos no maracanã a nossa média de públicos aumentasse significativamente, mas os gastos não compensariam e como o futebol é grana e temos estádio, apoio o vasco onde ele jogar! Belo comentario Roger e melhor ainda o do âncora!

Julio Cesar disse...

Ah, Leandro já apareceu com seus delírios tb

Ele sempre vem com as mesmas desculpinhas..."ah, vcs são preconceituosos com os portugueses"

Mas....vc já viu algum flamenguista se dizendo "defensor do povo português"?

Essa é a diferença. Nós somos honestos e humanos o suficiente pra admitir o q temos de bom e de ruim. Já vcs se escondem atrás de "bela história", "defensores dos negros" e outras falácias.

E pra fechar, sempre temrinam com o mantra "Eu tenho estádio"

O q dizer então dos grandes clubes mundiais que não tem estádio?

Curioso é q os vascaídos dizem "ah, cair pra série B não diminui a grandeza"

Mas ter estádio sim, quer dizer q um clube é grande. Nesse caso, o Santa Cruz de Recife é uma potência esportiva kkk

Não chora Leandro, a torcida do Flamengo é maior que todas as outras 3 juntas...em qq lugar isso pode ser facilmente comprovado...só contar qtos flamenguistas vc conhece no seu bairro, na sua facu, no seu trabalho...salvo algumas raras exceções, a maioria esmagadora seré sempre de flamenguistas, qq criança sabe disso

Vascaídos e seus pesos e medidas...

Maldita Futebol Clube disse...

Amigo júlio. Você não entende bem: quem trapaceou foram os flamenguistas. Só pra te lembrar...quem era a elite da epóca eram os flamenguistas, que tinham maior poder aquisitivo, daí terem se mobilizado para comprarem estoques gigantescos da bebida. O Vasco tinha sua torcida formada por proletários, sem grana! explicado. os comerciantes queriam era saber de vender, ter lucro, e nisso eles se deram bem, né? Agora, dfizer que eles queriam forjar a eleição é amesma coisa de que tapar o sol com a peneira, o que aconteceu foi exatamente o contrário: os flçamenguistas com poder de aquisição se mobilizaram e comprararm reptidas vezes a bebida se passando por vascaínos para iludirem os comerciantes! Ou seja, de modo bem rubro-negro, já na década de 20 vocês agiam por debaixo dos panos? Que tal foi pra vc se sentir lesado em um jogo? ou ver o flapito vir ao contrário...è tem vezes que o feitiço rola contra o próprio feiticiero sabia? abs, leandro

Julio Cesar disse...

"quem era a elite da epóca eram os flamenguistas, que tinham maior poder aquisitivo"

Parei aqui Leandro

abraço rsrs

Canto da Boca disse...

Eu fico aqui só "vendo", trapaceiros e gente boa, estão em todas as torcidas, em todos os clubes, e mais, sem polêmicas não há imprensa!
Beijos!
;)

oPerna disse...

entao explica os estádios lotados, sempre maioria em relação a torcida do seu "mais querido da Salutaris".

com os fatos que vimos, se o Fla nao é o mais querido, pelo menos é a mais apaixonada.

e tenho dito.

Roger disse...

Imperador do "MAL"
Lamentável a alavanca que o Adriano deu no jogador do São Paulo, uma maldade que poderia custar pelo menos o ombro do cara!!!
Agora lamentável mesmo é ver o Carlos Alberto ser expulso por um toquinho no jogador do Guarani e ainda receber 4 jogos de suspensão.
Como faz falta uma "flapito" pro Vasco....tsc...tsc...tsc

Diego Louzada disse...

O Leandro me poupa o trabalho de discutir. Colocações sempre brilhantes.
No mais, apenas uma colocação quanto a mais uma observação errada do Julio Cesar:
"quem era a elite da epóca eram os flamenguistas, que tinham maior poder aquisitivo"
Isso não só era claro, como é até hoje. Na Zona Sul, o Vasco claramente tem menos torcida, ao contrário dos rivais Flamengo, Fluminense e Botafogo que tem sua localização nesta região.
A elite foi e é flamenguista. Seria burrice dizer que donos de padarias e comerciantes são elite. Nunca foram e nunca serão.
Com o tempo, os Clubes da Zona Sul, por meio de forte campanha da imprensa, tiveram aceitação nas camadas mais pobres, bem como o contrário ocorreu no caso do Vasco.

Abraço!

Roger disse...

Para o jogo do Vasco contra o ABC, na próxima sexta-feira (17/07), às 21h, em São Januário, a Diretoria do Clube, em caráter excepcional, fixou os seguintes preços para os ingressos:

Sócios - R$ 10,00
Arquibancada 1/2 entrada - R$ 8,00
Arquibancada Inteira - R$ 16,00
Cadeira (não sócio) 1/2 entrada - R$ 13,00
Cadeira (não sócio) inteira - R$ 26,00
Poltrona Especial 1/2 entrada - R$ 23,00
Poltrona Especial inteira – R$ 46,00

Papo de Mulher disse...

O Ronaldo acabou levantando uma discução dificil.
Segundo todas as pesquizas que conheço,o Flamengo tem a maior torcida do mundo,seguido pelo Chivas Guadalajara.O Corinthianas aparece em quarto,e dizem as más linguas que a do São paulo já é a segunda do Brasil.
Discuções a parte,acho que cada torcida tem o seu diferencial.Não adianta ser a maior.Qualidade é o que importa,fidelidade ao time.

Julio Cesar disse...

Agora surge mais um vascaído delirante, Diego Louzada

Camarada, eu sei que Flamengo, Botafogo e Fluminense são clubes oriundos da zona sul do Rio...mas seu vasco tb tem uma sede na mesma zona sul, ou vai dizer que não?

Agora, perae...vcs manipulam sempre os argumentos qdo convém né...quando é pro mal, os flamenguistas é q são os marginais, os favelados, os ligados à ralé

Agora, qdo é p se fazer de herói do povão, defensor das classes oprimidas ae a coisa se inverte???

O Flamengo passa a ser elite, e o vasco povão????

Nem vou discordar de vc nesse sentido, Diego. Realmente o vasco tem essa cara mais poplular. Como disse o botafoguense Joao Moreira Salles: "ser vascaíno significa se misturar ao povo, não a uma idéia de povo".

Só acho ridículo qdo vcs tentam subverter tudo de uma hora pra outra, e pelo jeito, nisso vcs são mestres.

kkkkkkkkkk

"Flamengo elite"

"Vasco povão"

Q povão é esse q canta "ela ela ela, silêncio na favela"????

Alguma resposta honesta????

The Stooges disse...

Sério... eu já ví coisas absurdas por aqui. Mas acho que este post bateu o recorde. Coisa mais tosca. Daqui a pouco vai ter gente dizendo que Isabel II não é rainha do Reino Unido, que o Barack Obama não é mulato, que o Eurico não é criminoso e que a torcida do Vasco não o escolheu como dirigente durante 20 anos... Será que os crentes tão certos quando berram que estamos no fim dos tempos? É o mundo se acabando!!!
=
=
=
=

Bom, vamos começar pelo fim, vocês alegam que o título de mais querido é uma fraude mantida atualmente pela "Fla-press" (o Flamengo é mais poderoso do que eu pensava: no delírio dos vascaídos mais doentes - em sentido denotativo - é proprietário de toda a imprensa esportiva brasileira e da comissão de arbitragem da CBF e da FERJ, e isso tudo sem nem ser o mais popular) mas este "título" é definido por dois órgãos de pesquisa de opinião pública: o Datafolha e o Ibope. Não consigo pensar em dois outros órgãos que tenham menos motivos pra beneficiar o Flamengo em uma pesquisa de opinião do que um instituto paulista e outro cujo responsável é o mais notório dos botafoguenses dentre os poucos que existem.

Quanto aos fatos do passado: "A Taça Salutaris seria entregue ao time "mais querido do Brasil". Venceria quem levasse mais cupons da água mineral Salutaris, indicando o nome do seu time. Os comerciantes portugueses, vascaínos, tinham tudo para vencer."

Por que os comerciantes vascaínos tinham tudo pra vencer, vascaíno? Porque na condição de donos dos bares estavam usando os rótulos dos fregueses como se fossem seus? É isso não é? Os comerciantes portugueses estavam catando os rótulos dos fregueses que não se interessavam pela promoção (e que devolviam a garrafa ainda com o rótulo não preenchido) e mandando para a promoção como se fossem oriúndos de garrafas consumidas por vascaínos, eles estavam burlando a enquete, só que os Flamenguistas descobriram e "burlaram a burla".

Não é esta a estória toda? Por que você a contou pela metade? A outra parte não lhe é conveniente?

SRN

Jeferson disse...

Pesquisas variam conforme a época, no Brasil, Flamengo e Corinthias sempre foram as maiores torcidas e ninguém discute isso, o povo brasileiro é masoquista mesmo hehehee, brincadeiras a parte, quando falo em época digo pelo seguinte fato:
Em 1997 há 2000 uma das melhores épocas do Vascão em se tratando de títulos, uma pesquisa da Revista Placar dava o Vascão como a 3º maior torcidada do Brasil com a seguinte colocação:
1º Flamengo
2º Corinthias
3º Pessoas que se diziam não torcedores de nenhum time ou indecisos.
4º Vasco
5º São Paulo
6º Palmeiras
7º Fluminense
8º Santos
9º Cruzeiro
10º Gremio
12º Botafogo
13º Internacional
14º Atlético/MG
Nos dias de hoje algumas pesquisas apontam o Vasco com a 5º maior e outras a 6º.
Por isso tudo é questão de época onde um clube esta em boa ou má fase, e outra só acreditarei nestas pesquisas quando um instituto sério fazer uma pesquisa em que sejam considerados não apenas as capitais de cada estado, mas também cidades com mais de 100 mil abitantes. Geralmentes estes institutos como o IBGE entrevistam 2 ou 3 mil pessoas de algumas capitais e tomam por base o restante do País como fazem em pesquisas para Presidente da República. E ca convenhamos este tipo de pesquisa pode não dar os resultados reais em se tratando de futebol.

hudson mengão disse...

Caros amigos.

Realmente eu não sabia que falar a verdade traria tamanha discussão.
Afinal só falei o óbvio ululante ao afirmar em minha coluna( Baú da Maldita)que a torcida do Mengão era a maior do Brasil, conforme pesquisas sérias e imparciais de grandes e reconhecidos órgãos como o Ibope e o Data-Folha já o confirmaram.
Agora vem esse gaiato(kkkkk)do
Charles Madeira trazer à tona um fato de 1927( só pela data nos lembra as ilariantes estórias de Chico Anísio e seu cômico personagem Pantaleão), onde uma pesquisa baseada em rótulos de Salutares seria capaz de determinar qual seria a maioria torcida. Você está delirando Charles e ainda mais envolve nosso querido Âncora!!!!
Além do mais quase todos daquela época já estão mortos.
O que vale é o hoje.
Eu acho que vc e o Fenômeno ou perderam o rumo ou o gosto por Mulheres.

The Stooges disse...

Hudson, muito bem lembrado: esta pesquisa não tinha a menor confiabilidade estatística (a começar pelo fato de um mesmo torcedor poder enviar 1, 10, 100 ou 1000 votos). Era apenas uma promoção comercial com vistas a vender mais água mineral e jornal. Servia para mostrar de fato qual a maior torcida do país mais ou menos como o "Musa do Brasileirão" serve para dizer qual clube tem as torcedoras mais gostosas.

E como eu já disse, houve tentativas de burlar o resultado de ambos os lados: os vascaínos pegando de volta os rótulos das garrafas de quam não se interessava pela promoção e usando como se tivessem sido consumidas por eles, os flamenguistas enganando os trouxas dos vascaínos e jogando os rótulos que os vascaínos tinham conseguido catando lixo em seu devido lugar (no lixo hahahahaha).
----------------------------------
Jeferson, as pesquisas do IBGE não são feitas assim não. A quantidade de entrevistados em cada região obedecem a critérios de proporção demográfica e as pesquisas são feitas em território nacional. Sei porque já trabalhei lá.

Quanto ao IBOPE e ao DataFolha não tenho certeza, mas creio que em se tratando de pesquisas de âmbito nacional eles também tenha entrevistadores espalhados por todos os estados e devem seguir a métodos para evitar desvios demográficos.

Tanto é que os resultados das pesquisas eleitorais quase sempre são muito precisos, com variações menores que 1% em relação aos resultados finais.

Diego Louzada disse...

Caro Julio Cesar.
Nossa sede náutica não é uma sede social, além de ser relativamente nova. Creio que ela não contribua para o aumento de nossa torcida na Zona Sul tanto quanto dos outros três grandes. Basta verificar que em jogos no Maracanã o movimento no metrô é bem maior em jogos de Bota e Flu que tem torcidas bem menores que o Vasco.
Reconheço que há uma associação provocativa quanto ao Flamengo ter hoje grande apoio das massas populares, o que acontece em outros estados também.
Qualquer menção racista ou preconceituosa merece ser criticada e sou contra, até porque sou negro e morador do subúrbio, como muitos flamenguistas.
Infelizmente essas coisas ficam no inconsciente coletivo, do mesmo modo que chamar tricolor de gay ou colorado de macaco.

No mais, toda pesquisa é complicada, já que nem sempre vai ao interior, onde pude estar no início do ano e percebi o quanto os times cariocas tem adesão.
Na cidade do Rio, o Fla tem sim mais torcida, mas talvez o número de rubro-negros 'ativos' não seja maior que a soma desse total dos três clubes. Digo isso porque já conheci algumas pessoas que se diziam flamenguistas, mas não sabiam sequer o nome de dois jogadores do time atual.

Abraço a todos!

The Stooges disse...

Diego. Eu também conheço vários vascaínos que não sabem nem o nome de dois jogadores do time atual (e tricolores e botafoguenses). Isto é normal em todas as torcidas e na do Mengão este fato só é numericamente mais relevante porque nós somos maioria em todos os segmentos (dos pobres, dos ricos, dos analfabetos, dos muito letrados, dos negros, dos brancos, dos crédulos, dos ateus, dos travestís, dos cabra-machos, dos torcedores fanáticos e dos torcedores "só pra dizer que têm um time" aos quais você se refere.

Numericamente há mais torcedores que não sabem nada do time entre os flamenguistas que entre os times do Resto. Proporcionalmente não.
===================================
A associação do Flamengo com a pobreza é explicada pela mesma dificuldade acima: a de se distinguir maioria proporcional de maioria numérica, já que, proporcionalmente, a torcida de menor poder aquisitivo do Rio é a do Vasco, longe e disparado.

E a associação flamenguista=>pobre=>criminoso é mal caratismo de alguns torcedores mesmo (e por aquí ela parte sobretudo de vascaínos, infelizmente; ainda bem que você admite isso), porque aí passa da dificuldade em distinguir proporção e número para o preconceito de achar que há mais pobres criminosos que ricos criminosos (ou de achar que criminosos ricos sejam menos execráveis que criminosos pobres).

Aí não tem desculpa que justifique. É cartão vermelho!
===================================

Maldita Futebol Clube disse...

The stooges, receio em dizer que você se quivoca ao dizer que a torcida vascaína em proporção é a que tem menor poder aquisitivo. assim como aproporção citada por ti em relação aos números é evidente, as pesquisas apontam o vasco com o segundo maior em todas as classes, e não dizer isso seria negar o óbvio e a veracidade dessas pesaquisas tão atestadas por todos e contestadas por muitos, não por mim.
A questão do preconceito, vista de modo antropológico nos remet, como diego falou ao pré-conceito sobre a torcida do botafogo, por exemplo de isosos e intelectuais o que não é verdade! e ao preconceito , em relação aso gays e o flu, em outra vertente, tanto afirmada como em relação aos flamenguistas e negros e pobres e criminosos( até pq uma torcida oficial de vocês carrega nas bandeiras elelmntos de guerra e choque, jovem do fla), e quanto aos comerciantes, nordestinos e portugueses no caso do vasco. basta aprendermos a olhar sob todas as óticas e não só sobre a nossa própria visão! portanto, estudando as razões e visões de cada um, talvez eu venha e ntender e respeitar mais a visão de um torcedro que não ligue para o futebol ou a de um estrangeiro submetido a leitura dessa história e se situando mais neutramente para , enfim, poder ser mais imparcial a todos! abs, leandro

The Stooges disse...

Leandro, sobre a Jovem do Fla eu falei em outro comentário, lá no post do "racismo X Vasco" e repito aqui. As semelhanças entre a TJF e a FJV são a principal evidência para demonstrar que sim, a torcida mais violenta, preconceituosa e antiesportiva do Rio é a do Vasco. Por que digo isto? Porque a TJF, como você bem disse e como eu já tinha dito naquele post, representa tudo de ruim que existe em termos de torcida, mas ela não é a primeira nem a segunda torcida que vem a mente quando se pensa em Flamengo. É a terceira. E a Jovem é uma torcida da qual até os próprios rubro-negros costumam ter medo e vergonha.Se você for a um jogo do Fla vai perceber que a Jovem fica espremidinha colada no alambrado que ninguém quer ficar no meio daquela porcaria.

Já a Força é a equivalente em atitude à TJF no Vasco. Inclusive no uso de símbolos de guerra e na glorificação de entidades bizarras da nossa história, como Stalin. Com a diferença de que ela é a primeira torcida que vem a mente quando se fala em Vasco. É a torcida da qual 8 em 10 vascaínos falam com orgulho. É ela quem recebe o apoio e a presença do "povão" nas arquibancadas. Isso é a marcação física da diferença que há entre a postura MÉDIA do torcedor rubro-negro em relação à postura MÉDIA do torcedor vascaíno.

Dando uma virada de 180°, este sucesso que a FJV faz é proporcional ao fracasso que tem sido a Guerreiros do Almirante. Ao passo que a falta de popularidade que a TJF tem dentro da própria torcida do Fla é o que explica o fato de em tão curto tempo a UBZ já ter se tornado nossa maior torcida.

Já que você falou em antropologia, um dos elementos macroscópicos para se estudar fenômenos antropológicos é observar como as massas respondem a determinados estímulos. A forma diferente como torcida as massas vascaína e flamenguista respondem aos estímulos violentos de FJV-TJF e ou pacíficios de UBZ-GDA é bem evidente e justifica as alegações do flamenguistas quanto aos excessos de ofensa e agressivida e preconceito.

Conheço muitos vascaínos que inclusive não negam isto, envergonhados admitem que a torcida do Vasco é a mais violenta e preconceituosa do Rio, e isso são vocês que têm que mudar, se quiserem: o primeiro passo é admitir.

Finalmente, assim como disse no outro post, isto não é uma afirmação genérica. Eu não estou dizendo que todo flamenguista é santinho e nem que todo vascaíno é baderneiro. Mas fazendo um corte isento e pela média, observando as ações das ambas torcidas nas arquibancadas e nas ruas, mano: a torcida do Vasco é na prática o que a torcida do Mengo é no seu imaginário.

The Stooges disse...

Quanto ao poder aquisitivo: bem, o seu colega de torcida Diego parece que discorda (aliás, o Diego também não parece tão refratário ao fato de que a torcida do Vasco estrapola nas ofensas em comparação às outras, parece menos doente, ele :D ).

Ele vê o mesmo que eu vejo: que nas camadas mais altas a torcida do Vasco quase desaparece (para que a do Flu apareça) e nas mais baixas a do Flu quase desaparece (para que a do Vasco apareça).

Mas é claro, eu acho que o olhômetro não é tão confiável quanto dados estatísticos de fontes fidedignas. Pelo olhômetro eu diria que o Vasco é, sim, a única torcida com concentração quase exclusiva nas camadas mais pobres (assim como a do Flu tem concentração quase exclusiva do outro lado) mas, admito, realmente nunca ví trabalho estatístico que se preste ao corte socioeconômico das torcidas cariocas.

Qual foi a pesquisa que você leu e que diz o contrário, você pode me passar o link?

Ah, só pra finalzinho. Concordo que as associações do Fla com pobreza sejam equivalentes às associações do Flu com homossexualidade. Mas a associação com criminalidade não é equivalente não, este é um passo além.

Foi como eu disse ao Diego. Se ficasse só na associação com pobreza seria menos reprovável (ainda reprovável, mas menos) até porque de fato não há nada errado em ser pobre (e nem em ser gay).

Mas a associação com criminalidade. Este negócio de chamar flamenguista de ladrão e de ensinar isso aos filhos ultrapassa qualquer limite de aceitabilidade.

The Stooges disse...

Antes que o Leandro publique meu último comentário, já vim dar minha cara a tapa.

O Fla é proporcionalmente mais concentrado entre os pobres (e não só numericamente como eu vinha afirmando a partir do meu olhômetro).

Achei parte do resultado da tal pesquisa do IBOPE que o Leandro falou e ela não deixa dúvidas quanto a isso. Embora o Mengo seja maioria avassaladora entre os mais ricos (49% destes) é maioria mais avassaladora ainda entre os mais pobres (63% aí) e proporcionalmente é o menos representado entre os mais ricos (embora tenha quase 50% dos torcedores isto custa apenas 27% da torcida geral do Mengão enquanto Bota e Vasco gastam 30 e poucos por cento de sua torcida entre os mais ricos e Flu gaste 50%).

Contra os dados do IBOPE não há argumentos. Eles enxergam melhor que eu. E eu falando do olhômetro dos outros e meu proprio olhômetro tava com defeito, óia só hehehe.

De qualquer modo vamos concordar que eu nunca lamentei a associação do Flamengo com a favela ou com os negros, sempre disse que o Flamengo ser maioria entre negros e entre favelados não representaria problema algum (embora sob meu olhar míope não fosse). A torcida do Flamengo sempre lidou muito bem com isso vide o "Urubu", vide o "Festa na Favela".

Lamentava e continuo lamentando a associação negativa de uma classe social feita por quem me parecia ser menos apto a fazer esta associação: mulambo, bandido, mendigo... representam mais que uma simples associação com pobreza e a gente sabe que em se tratando de determinadas torcidas é muito mais do que simples brincadeira.

Aliás, é sim simples brincadeira. O mesmo tipo de simples brincadeira que as torcidas italianas costumam fazer e que de vez em quando aparecem no jornal.

Sobre a pesquisa:
http://marcosmonnerat.blogspot.com/2009/06/nova-pesquisa-do-ibope-confirma-maior.html

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.