terça-feira, 9 de março de 2010

No júri popular: Adriano


Prometo que este será meu primeiro e último post aqui sobre este assunto. Primeiramente quero deixar claro que o Adriano errou, o Bráz errou, Andrade errou e o Bruno errou mais ainda. Ponto. Deixando claro minha simples opinião sobre o assunto, vamos aos detalhes de um julgamento que está sendo feito por toda a torcida adversária, que diga-se de passagem, está eufórica e feliz com os acontecimentos e até julgamentos de Rubro-Negros.

O Adriano errou ao empurrar sua namorada, errou antes ao sair com os amigos para um baile funk. Mas a menina não é nenhuma santa. Ela sabe como o Adriano é, o que faz, do que gosta. Já está com ele não é de hoje e se ainda está com ele é porque quer. Agora ninguém comenta o fato dela além de tentar destruir o carro dele, ainda tentar destruir o carro de outras pessoas. Desequilíbrio total. Tudo bem, nada justifica a violência e já disse antes: ele errou feio.

Mas o que mais me chama atenção são os comentários eufóricos da torcida adversária criticando até mesmo o fato da torcida o idolatrar. Ora, se a torcida rival idolatra até hoje um jogador que dirigiu bêbado, bateu numa árvore e pessoas morreram por isso, por que o Adriano não pode ser idolatrado? Se a torcida rival gritou recentemente o nome de um jogador que matou outra pessoa a facadas, por que o nome do Adriano não pode ser gritado? Não critico o fato de idolatrar estas pessoas, mas sim o fato deles serem dignos de idolatria e o Adriano não.

O questionamento que fica é: até que ponto um ser humano pode julgar o outro? Será que uma briga entre casal, pode ser julgada de maneira mais severa do que homicídios, sejam eles culposos ou dolosos? Será que não há um sensacionalismo barato e desnecessário no caso? Será que não estamos julgando o próximo e esquecendo das nossas próprias vidas?

Ele errou, mas todos erram. Eu erro, você que está lendo erra, todos erram o tempo todo, inclusive quem utiliza um tema tão sério para fazer sensacionalismo. Quem critica a torcida por um fato alheio a sua vontade erra; quem julga todo um clube por um fato isolado também está errado. Ou seja, todos erram e erram o tempo inteiro. Sempre critico aqui o fato da torcida adversária agredir verbalmente a torcida Rubro-Negra com tentativas de diminuição por classe social, como se toda pessoa que mora em favela fosse obrigatoriamente bandido. Ou com palavras como analfabetismo e desdentados. Quer erro maior que o preconceito?

Aliás preconceito é o que o Imperador sofre, pelo simples fato de não perder suas origens. Se o cara ficasse apenas na zona sul, com riquinhos, ninguém falaria nada. O fato de não perder suas origens, continuar com amizades antigas e gostar de ficar em seu bairro de infância, deveria ser motivo de elogios e admiração. Mas ao contrário, tudo isso vira motivo de acusações sem fundamentos, sem provas e preconceituosos. A mãe dele mora lá, a avó e o irmão também. Seria a avó dele a "vovó do tráfico"? O irmão "aviãozinho"? É justo uma pessoa ser eternamente julgada como bandido, traficante e vagabundo pelo simples fato de gostar e morar numa comunidade?

Não estou isentando o Adriano de culpa, nem passando a mão em sua cabeça, já disse que ele está errado. Mas antes de julgarmos e condenarmos uma pessoa ao ostracismo, de chamarmos de bandido e mau caráter por um fato isolado (não há registros de outras agressões), vamos fazer uma reflexão e pensar que antes de um jogador, um astro ou um ídolo, existe um ser humano passível de erros e que utilizar suas falhas e carências para fazer piadas, sensacionalismo e julgamentos agressivos, é um erro muito pior que uma briga entre um casal.

Vamos refletir um pouco, pois problemas sociais, preconceito e agressões são assuntos para serem tratados com seriedade e buscando a solução do problema, jamais podem ser usados para provocar, diminuir e ofender o próximo. Fazer isso é um erro, mas poucos percebem. Estão muito ocupados julgando outras pessoas.

SRN

11 comentários:

Leonardo Kope disse...

Adiciona o meu novo blog :
www.futebolenoticas.blogspot.com
antes era sobreofutebolcarioca

eu ja adicionei o seu blog na minha lista de blog.

abraços

Renata Magalhães disse...

A mulher dele é maluca.Precisa de tratamento.E o bruno,um imbecil.Sempre soltando suas asneiras.
Acho que o caso esta sendo explorado demais.Brigas entre casal acontecem todos os dias.Punir o jogador por isso não tem anda a ver.Problema pessoal é problema pessoal.Tão fazendo um alvoroço danado pq ele estava na comunidade dele com os amigos dele!
Realmente,falta do que fazer da imprensa sensacionalista desse país.


Jefferson,flamenguista mais chato que existe.Passa la no blog depois,tem história de amor de uma flamenguista.
Beijos

Mylla Galvão disse...

Jeferson,

O que me irritou no post do Charles foi ele colocar no post esta frase:

"E ainda tentar desmoralizar a moça."

No caso - a ex-noiva do Adriano... Parece que ele quer falar q ela é certinha por ter feito o q fez com ele e depois dar a entender q os jogadores vascaindos são os certinhos e que nunca discutiram com a mulher deles...

Estou cansada dessa história de q a torcida adversária massacra a gente e diz q somos mulambadas, q somos cachaceiros e coisa e tal...

E esse P.S. no fim do post? Será q a torcinha deles enche o Maraca? Pq a nossa lota!!!

No mais... estou com pena do timeco deles!!!

Ah! Obrigado pelos Parabéns!
E o seu post ficou show!!!

bjs

SRN

Clítia Milagres disse...

Independente da ex-noiva dele ser santa ou não (com certeza ambos sabiam com quem estávam lidando). O fato de sair na imprensa e ser uma notícia super e hiper comentada deve-se ao popularidade e titularida do rapaz: Imperador (?). Tudo q ele faz vira notícia, pq esse acontecimento ia ser diferente? Será q ele tb não conhecia a noiva q tinha?
E o Bruno? babaca demais
Realmente foi um acontecimento infeliz de todas as partes.
Comentar sim...julgar não.
Post polêmico.

Cris disse...

Adriano precisa de um psicólogo, essa é a razão de que só o dinheiro não faz feliz... :) Não é mesmo ? Abraços

Débora Bravo disse...

Como sempre o Maldita com ótimo texto. Você lembrou muito bem antigos ídolos que erraram tanto ou mais que o Adriano. Acho que a mídia está supervalorizando muito o caso do Adriano. E o que acontece na vida pessoal dele é problema que só pertence a ele. As contas que ele tem que prestar é com o Clube e o torcedor. Adriano errou de faltar 11 dias de treino e está sendo "punido" por isso. Não jogou contra o Resende e nem vai jogar contra o Caracas. Agora se ele quer melhorar deve procurar o clube e pedir ajuda, só isso.
Parabéns pelo texto Jefferson.

Cris disse...

Vamos dominar o mundo mesmo... mineiras na àrea, se derrubar é penalti.... Beijos

Beti Timm disse...

Voltando depois de um longo afastamento.
volto com muita saudade dessa galera doida e barulhenta!

Um beijo a todos e um especial ao meu querido Leandro!!

Charles Madeira disse...

Imaginem só se o que aconteceu com o "Chefe do Morro" acontece, com Edmundo jogando no Vasco e tendo o Eurico como presidente, eu garanto que a midia iria tentar destruir a imagem de todos, já no "Imperio do mal" tudo é abafado pela "flapress",e se no Vasco tem um pedofilo, nossa seria um mês inteiro falando somente nisso já no Fla,isso é apenas uma tirinha de jornal.
Nossa torcida domingo podem estar certos disto, não irá comparecer ao maracá alem das rasões obvias, afinal de contas jogo contra essa torcida é sempre um risco,já temos briga marcada nas imediações do estadio e acho que o Mancini esta sendo devidamente fritado pelos jogadores.

Jefferson freire disse...

Como sempre o vascaíno é a vítima das circunstâncias. Essa tal "flapress" não existe. A imprensa todos os dias cria crises inexistentes na Gávea que prejudica o Flamengo e vende jornais. E não venha dizer que o vasco é perseguido, porque o eurico fazia o q bem entendia no futebol brasileiro sem qualquer oposição. Mas foi burro e bateu de frente com a globo, aí, todos os seus podres foram revelados. O edmundo dirigiu bêbado, pessoas morreram e sempre é tratado pela imprensa como jogador e ídolo, nunca como homicida. Por isso, não fale de perseguição.

Qnt ao pedófilo, tal situação é tratada em segredo de justiça, o que impede a divulgação de nomes e fatos. Ademais, este senhor já foi afastado do Flamengo e as acusações estão sendo investigadas. Vamos aguardar.

Qnt ao clássico, começaram as desculpas para a derrota. O "vasco united" agora é um time dividido e que quer "derrubar" o técnico. O pior de tudo é que ainda assim a "crise" é na Gávea. Q "flapress" estranha. Inventa uma crise na Gávea e omite a do vasco. No mínimo incoerente essa estória de flapress.

SRN

Renilson disse...

Bem qa flapress existe e é só ir no maracanã e olhar para os reporteres que cobrem os jogos, isso é fato, agora que blog mais flamenguista esse heim rsrsrsrsr
pensei que era um blogue para todos mas pelo visto é so para a torcida do imperio de maria mulambo.

Perfeito!! Você esta plugado no Maldita Futebol Clube...Tá na boa, tá na área!!

Esse é um blog feito para rapaziada que curte um rock and roll, é aficcionada por seu time e ama rádio. Se você era fã do Maldita Futebol Clube está no lugar certo. Se você ainda não é fã, a hora é essa: Impasse Livre! Diariamente você nos acha por aqui. È muito bom ter a sua presença conosco. Critique, e participe, pois sua opinião é muito importante. Esse é o espírito do ILFC: Democracia, humor, irreverência. Informação com paixão! Mande e-mails para: impasselivre@yahoo.com.br.
Entre na comunidade do orkut:malditafutebolclube Ouça nosso programa, pela INTERNET, toda quarta-feira, á partir das 2o horas em 1440 AM RJ.